GP1

Esportes

Grêmio ainda tem 90% de risco de rebaixamento após vitória

Triunfo sobre o São Paulo dá sobrevida à equipe gaúcha no Brasileirão, mas queda continua iminente.
Por Estadão Conteúdo

A grande vitória por 3 a 0 sobre o São Paulo deu sobrevida ao Grêmio na luta contra o rebaixamento, fazendo o tricolor gaúcho chegar aos 39 pontos e ficar a quatro de deixar a zona da degola. No entanto, a equipe ainda precisa de um milagre para escapar da terceira queda para a Série B na sua história. No 18º lugar do Brasileirão, o time de Vagner Mancini tem 90% de risco de cair, precisando vencer seus dois últimos jogos e torcer por uma combinação de resultados para permanecer na elite.

Antes do triunfo desta quinta-feira, em Porto Alegre, o Grêmio amargava 97% de chances de queda. O cenário só não ficou pior porque o Bahia, rival direto na luta contra o descenso, sofreu uma virada épica do Atlético-MG em plena Fonte Nova, resultado que garantiu o título aos mineiros. Os números são do matemático Tristão Garcia, do site Infobola.

Foto: Reprodução/InstagramGrêmio segue vivo na luta para permanecer na Série A, mas cenário ainda é complicado.
Grêmio segue vivo na luta para permanecer na Série A, mas cenário ainda é complicado.

Na 17ª posição, com 40 pontos, o tricolor baiano também está em situação delicada e a probabilidade de uma ida à segunda divisão é de 77%. Tanto Bahia quanto Grêmio precisam torcer por uma derrota do Athletico-PR nesta sexta-feira diante do Cuiabá, em Curitiba, para não se complicarem ainda mais na competição. O clube paranaense, atual campeão da Copa-Sul-Americana, é o primeiro fora do Z-4, com 42 pontos, enquanto o time mato-grossense está em 15º, com um ponto a mais. Momentaneamente, ambos tem apenas 10% de possibilidade de cair.

Santos (1%), São Paulo (2%) e Juventude (7%) tem situação mais tranquila e precisariam de uma remota combinação de placares para serem rebaixados. Por sua vez, Chapecoense e Sport vão jogar a Série B em 2022.

O Grêmio enfrenta o Corinthians domingo, às 16h, na Neo Química Arena, pela 37ª rodada do Brasileirão. Os paulistas não perdem em casa há oito jogos e tabu precisará ser quebrado para os gaúchos ainda sonharem com a permanência. No mesmo horário, o Bahia recebe o Fluminense, na Fonte Nova.

Campeão brasileiro em 1981 e 1996, o Grêmio caiu para a segunda divisão em 1991 e 2004. O clube pode se juntaria a Cruzeiro, Guarani, Sport e Vasco entre os campeões brasileiros que vão disputar a Série B em 2022. O Bahia, que ergueu a taça em 1959 e 1988, pode voltar à segundona, da qual já participou dez vezes, seis anos após fincar os pés na elite do campeonato nacional.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.