GP1

Esportes

Atlético-MG encara o Flamengo pelo Campeonato Brasileiro

Time mineiro é o atual oitavo colocado do Brasileirão e vem de quatro jogos sem vitórias.
Por Estadão Conteúdo

Atlético-MG e Flamengo iniciaram o Campeonato Brasileiro apontados como grandes favoritos ao título junto com o Palmeiras, mas ainda não fizeram jus às expectativas. Donos de duas das maiores torcidas do país, eles vivem momentos delicados, brigando para subir na tabela. Este clássico nacional acontece domingo, às 16h, pela 13.ª rodada, em Belo Horizonte (MG), no Mineirão, que vai estar lotado.

Diante da situação, ninguém vai querer esconder o jogo porque na próxima quarta-feira o duelo será repetido no mesmo palco, mas válido pela primeira rodada das oitavas da Copa do Brasil. A volta vai acontecer no Maracanã no dia 13 de julho, valendo vaga para as quartas de finais. O time mineiro é o atual campeão e ano passado o time carioca caiu nas semifinais diante do Atlético.

O Atlético-MG não vence há quatro jogos, o que fez com que a pressão aumentasse em cima do técnico Antonio Mohamed. O time mineiro tem 18 pontos. Na última rodada, empatou com o Ceará por 0 a 0, no Castelão, em Fortaleza (CE). Esta pode ser a última chance do treinador, que corre o risco demitido em caso de um tropeço diante da torcida.

Mudar de comando não é novidade para o Flamengo nos últimos tempos. Há duas rodadas, o clube tirou Dorival Júnior do Ceará e o colocou no lugar do português Paulo Sousa. O time rubro-negro, por outro lado, tem 15 pontos e vem de vitória por 2 a 0 frente ao Cuiabá.

Ao longo de décadas os dois rivais protagonizaram grandes duelos, alguns inesquecíveis. O mais recente aconteceu neste ano, no dia 20 de fevereiro, na eletrizante decisão da Supercopa do Brasil de 2022. Disputado na Arena Pantanal, em Cuiabá (MT), o jogo terminou empatado por 2 a 2, com direito a virada do Flamengo que saiu perdendo com gol de Nacho Fernández, mas virou com Gabriel e Bruno Henrique. Hulk deixou tudo igual e levou a definição para os pênaltis.

Foram 12 pênaltis para cada lado, com esta longa disputa terminando 8 a 7 para os mineiros. O goleiro Everson defendeu a segunda cobrança de Vitinho, dando o título inédito ao Atlético-MG, que em 2021 já tinha levantado tanto o Campeonato Brasileiro como a Copa do Brasil. O Flamengo tinha ido a esta decisão por ter sido vice-campeão nacional.

ATLÉTICO COM REFORÇOS E FLAMENGO SEM BRUNO HENRIQUE

Antonio Mohamed tem reforços para o reencontro com Flamengo. O treinador poderá contar com os volantes Alan e Jair, que cumpriram suspensão automática frente ao Ceará. Ambos serão titulares. Além deles, o zagueiro Igor Rabello também retorna. Ele foi liberado para acompanhar o nascimento do filho, mas está de volta, assim como Eduardo Vargas, que estava com a seleção do Chile. Já Savinho testou positivo para Covid-19 e não deve ser liberado a tempo de jogar. "É uma realidade que não estamos jogando como antes (com a mesma qualidade), mas estamos competindo em todos os campeonatos. Estamos na Copa do Brasil, Brasileirão e Libertadores", justificou Antonio Mohamed, tentando aliviar a pressão.

Do outro lado, Dorival Júnior não terá dois titulares. O atacante Bruno Henrique, que sofreu grave lesão no joelho e não deverá entrar em campo mais na atual temporada. O zagueiro David Luiz sofreu um edema muscular na parte posterior da coxa direita e também está vetado. Além deles, Isla foi liberado para negociar sua saída do clube.

Dorival poderá dar chance no ataque para Marinho ou apostar em Vitinho. Na defesa, Rodrigo Caio, que substituiu David Luiz durante o jogo, seguirá ao lado de Pablo. Afastados do time após a derrota para o Internacional, por 3 a 1, em Porto Alegre (RS), alguns jogadores continuam de fora, como o volante Willian Arão, o lateral Filipe Luís e o meia Thiago Maia. O meia Diego Ribas já era reserva.

Dos 55.982 ingressos colocados à venda, mais de 50 mil tinham sido vendidos até sexta-feira à noite. A CBF também não arriscou na arbitragem, escalando o árbitro Raphael Klaus, um dos indicados para a Copa do Mundo do Catar. Um dos auxiliares também vai ao Mundial, Danilo Manis, com Alex Ang Ribeiro, completando o trio paulista.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.