GP1

Esportes

Morre Bill Russell, um dos maiores jogadores da NBA e do Boston Celtics

Durante a carreira, ele conquistou 11 campeonatos no basquete dos EUA e cinco prêmio de MVP da liga.
Por Estadão Conteúdo

Considerado o maior pivô defensivo da história do basquete e um dos grandes jogadores da NBA, Bill Russell morreu neste domingo (31) aos 88 anos. A informação foi divulgada em seu perfil pessoal. De acordo com o comunicado, ele morreu pacificamente tendo a companhia da mulher e familiares. Muitos são os feitos de Russell, que fez história nos Estados Unidos. Ele conquistou 11 campeonatos da NBA e ganhou ainda cinco prêmios de MVP na Liga Americana.

O Boston Celtics passou a frequentar outro patamar com sua presença em quadra. Bill Russell defendeu a franquia de Boston em 13 temporadas do basquete dos EUA e conquistou oito títulos consecutivos, entre os anos de 1959 e 1966. A organização da NBA sempre demonstrou carinho e respeito ao seu atleta.

O jogador também fez história com a camisa da seleção americana ao ganhar a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 1956. Na postagem sobre a morte do marido, a mulher Jeannine agradeceu os muito amigos e familiares pelas orações. A mensagem pediu ainda que as pessoas reflitam mais sobre o compromisso com o próximo a fim de construir um mundo mais digno.

Astro dentro das quadras, Russell também teve um papel fundamental no combate ao racismo nos Estados Unidos. Foi o primeiro jogador afro-americano a ganhar os holofotes de astro da NBA. De quebra, superou uma outra barreira: a de se tornar treinador da Liga.

O comunicado da família lembra ainda de suas conquistas fora das quadras. Ativista na luta contra o racismo, ele foi condecorado com a Medalha Presidencial da Liberdade pelo então presidente Barack Obama. "A compreensão de Bill sobre a luta é o que iluminou sua vida. Bill chamou a atenção para a injustiça com uma franqueza implacável", diz o comunicado.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.