Fechar
GP1

Esportes

Com projeto de mudança pedagógica, Vini Jr vence Prêmio Sócrates

A premiação aconteceu durante a cerimônia da Bola de Ouro, organizado pela France Football.

Vinicius Junior conquistou nesta segunda-feira (30) o Prêmio Sócrates durante a cerimônia da entrega da Bola de Ouro 2023. Seu trabalho à frente do Instituto Vini Jr, projeto criado pelo atleta em 2020, utiliza o futebol como tecnologia no processo de ensino de crianças e jovens, em parceria com professores de escolas públicas no Rio de Janeiro.

O projeto é também uma maneira de inserir crianças em um contexto favorável a partir de uma educação antirracista. Enquanto atleta, mas antes disso, enquanto homem preto, Vini viveu desde quando surgiu no Flamengo e vê, atualmente no Real Madrid, os desdobramentos do racismo, seja no Brasil ou no além-mar.

Foto: Divulgação/Instituto Vini JrVinicius Júnior
Vinicius Júnior

“Eu estou muito feliz de receber esse prêmio”, de poder juntar tantas crianças no Brasil e no meu bairro. Sair da favela, de onde eu saí, é muito improvável chegar até aqui. Eu fico muito feliz de poder ajuda-los. É um sonho muito especial para mim estar aqui com todos vocês”, disse Vini no púlpito após ser apresentado por Didier Drogba.


Em sua fala sobre racismo, Vini foi taxativo: enquanto não for uma causa coletiva, nada se moverá e repetiu o gesto de Pelé quando pediu que pensássemos nas crianças. Como na frase de Leandro, Vini deixa tudo em águas cristalinas: “triunfo, se não for coletivo, é do sistema”.

“Eu estou preparado para isso. Para sempre poder falar quando for necessário. É muito triste eu ter que falar sobre racismo, gosto de falar sobre futebol, sobre os grandes jogadores que estão aqui. Quero pedir para vocês que não parem de lutar. Que as crianças possam vir, não sofram com isso”. Veja a fala de Vini ao receber o prêmio.

A post shared by Gp1 Esportes (@gp1esporte)

Na prática, o Instituto Vini Jr viabilizou oito salas especiais em escolas de São Gonçalo, Mesquita e Rio de Janeio, no Rio; em Rio Preto, Minas Gerais; e Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul. A expectativa é de mais ampliação, chegando também ao Recife e Cabrobó, no Pernambuco, com o objetivo de impactar 10 mil crianças.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.