Fechar
GP1

Esportes

Em Los Angeles, Lakers derretem Warriors e abrem 3 a 1 na semifinal

Uma atuação dominante de Anthony Davis em ambos os lados do quadra garantiu a segunda vitória dos Lakers.

A série entre Golden State Warriors (6º colocado) e Los Angeles Lakers (7º colocado) tem batido todos os recordes de audiência. Até o momento em que este relatório foi publicado, os jogos 1 e 2 foram os mais assistidos na história das semifinais de Conferência. Ninguém quer perder um reencontro da dinastia da década contra um dos melhores jogadores do mundo, na maior franquia que a NBA já viu. As equipes voltaram à quadra na noite de sábado (6) e o Lakers aproveitou sua quadra para abrir 2 a 1 na disputa ao vencer por 127 a 90.

Há algumas chaves importantes nesta segunda vitória do Lakers e que nos remetem à primeira rodada dos playoff diante do Memphis Grizzlies. A primeira delas, sem dúvida, é a capacidade defensiva emprega pela equipe mas, e especialmente, o trabalho de Anthony Davis que no jogo 3 foi responsável por 25 pts, 13 reb, 3 ast, 3 roubos e 4 bloqueios e a contribuição fundamental de D’Angello Russel, com 21 pontos e 5 assistências.

Foto: Divulgação/LA LakersLeBron James é marcado por Andrew Wiggins e Moses Moody
LeBron James é marcado por Andrew Wiggins e Moses Moody

O Lakers retomou suas especificidades defensivas aplicadas no jogo 1, mas fez ajustes dada as movimentações realizadas pelo técnico dos Warriors, Steve Kerr. Responsável por marcar Stephen Curry - o que é por si só uma batalha das mais difíceis -, Jarred Vanderbilt teve um papel diferente e sofreu menos bloqueios nas jogadas do camisa 30, pois agora ele era o jogador responsável pela troca (drop), ao invés do caçador inicial. Nas palavras de LeBron James no pós-jogo, o Lakers é “principalmente um time de garrafão, então hoje jogamos o basquete do Lakers”. Isto somado a um número absurdo de faltas dos Warriors, principalmente no 2º e 3º quarto permitiram uma explosão roxa e dourada para levar a vantagem no fechamento do jogo. Tempo essencial para LeBron James e Anthony Davis assistissem o fim da partida sentados e descansando para a batalha de segunda-feira.


Para se ter uma noção, os Warriors terminaram a partida com 13/44 nos arremessos do perímetro, além de 19 turnovers e uma taxa de 39.6% nos arremessos de quadra. Nas vitórias do Lakers, seu percentual no ataque ao aro faz toda a diferença, vejam: jogo 1: 16% das vezes; jogo 2: 8% das vezes e jogo 3: 31% das vezes. Anthony Davis é o jogador defensivo mais dominante destes playoffs com 38 tocos, 20 a mais que o segundo colocado, Al Hoford, com 18.

Agora, as equipes voltam as quadras nesta segunda-feira (8), para o jogo 4. Uma vez mais, o Lakers tem a chance de abrir 3-1 na série e volta a Crypto Arena, em Los Angeles. A partida terá início às 23h, com transmissão da ESPN.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.