Picos - PI

Árbitro da partida entre Picos e Flamengo denuncia dirigentes por ofensas

Diego da Silva Castro registrou na súmula as supostas agressões verbais que teriam partido de dirigentes da Sep.

José Maria Barros
Picos

Em sumula on-line registrada na Federação de Futebol do Piauí (FFP), o árbitro central da Partida entre Sociedade Esportiva de Picos e Esporte Clube Flamengo, Diego da Silva Castro, acusou dirigentes da equipe picoense de ofendê-lo verbalmente.

A partida foi realizada às 20 horas do último sábado, 15 de fevereiro, no Estádio Helvídio Nunes em Picos e terminou 1 a 0 para o Picos. Atletas, comissão técnica, dirigentes e torcedores reclamaram bastante da atuação do árbitro, que deixou o campo escoltado pela Polícia.

  • Foto: José Maria Barros/GP1Arbitragem do jogo entre Picos e FlamengoArbitragem do jogo entre Picos e Flamengo

Súmula

Na sumula o árbitro Diego da Silva Castro escreveu que durante o intervalo da partida uma pessoa identificada apenas como membro da diretoria da Sociedade Esportiva de Picos teria adentrado ao campo de jogo dirigindo- se até a equipe de arbitragem que encontrava-se no centro do campo com o policiamento.

  • Foto: José Maria Barros/GP1Árbitro deixa o gramado protegido pela PolíciaÁrbitro deixa o gramado protegido pela Polícia

Segundo o árbitro, essa pessoa teria proferido as seguintes palavras: “Diego, você tá acabando com meu time, desse jeito você não apita em lugar nenhum! Aqui você não apita mais seu fraco!”, se retirando em seguida.

O árbitro central relatou ainda ter sido informado pelo delegado da partida, João Thiago Reis, que antes do início do segundo tempo de jogo o presidente da Sociedade Esportiva de Picos, Rodrigo Lima, teria dirigido-se a ele e proferido as seguintes ofensas contra a arbitragem: Você tá vendo o que esse árbitro está fazendo? Amarelou meu time todo! O cara veio para roubar meu time! Já é a terceira vez que vocês mandam árbitro pra tomar o jogo aqui” – relatou Diego da Silva Castro.

Mais conteúdo sobre: