Teresina - PI

Câmara inicia análise de pedido de empréstimo de Firmino Filho

A operação de crédito será realizada junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Bárbara Rodrigues
Teresina
Germana Chaves
Teresina
- atualizado

Foi lida na sessão dessa terça-feira (17) na Câmara Municipal de Teresina, o projeto de lei apresentado pelo prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB) pedido autorização para realização de empréstimo no valor de R$ 29 milhões destinados a aquisição de equipamentos voltados para a Segurança Pública.

A operação de crédito será realizada junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O presidente da Câmara Municipal de Teresina, Jeová Alencar (PSDB), explicou como o valor será aplicado.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Jeová AlencarJeová Alencar

“O empréstimo da prefeitura junto ao BNDES é para esse projeto Teresina Protege, onde serão gastos R$ 10 milhões para aparelhamento da Guarda Municipal e R$ 19 milhões para adquirir 330 câmeras que ficarão na saídas e entradas da cidade”, explicou Jeová.

Apesar de considerar necessário o investimento, o vereador Jeová Alencar acredita que as câmeras de monitoramento deveriam ser instaladas nas principais vias da capital piauiense.

“Acho muito dinheiro para ser aplicado em câmeras que vão ficar entrada e saída da cidade, acho que poderiam ser colocadas também nas principais vias da cidade, nos locais mais violentos. Também poderia investir [esse valor] na área social, como incentivando as escolinhas de futebol, revitalizando as praças, podendo fomentar o lazer, a cultura e esporte, mas é valido, pois a cidade depende de recursos externos para investimentos”, destacou.

Agora que a proposta foi lida no plenário, ela irá tramitar nas comissões técnicas da Câmara Municipal e em até 15 dias poderá ser votada pelos vereadores.

Mais conteúdo sobre: