Corrente - PI

Covid-19: João Mádison destina R$ 100 mil para o Hospital de Corrente

O deputado contou ainda que solicitou ao secretário de Saúde do Piauí, Florentino Neto, dois respiradores mecânicos para Corrente.

Germana Chaves
Teresina
- atualizado

Por meio de ofício encaminhado nessa terça-feira (24) ao presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, Themístocles Filho (MDB), o deputado estadual João Mádison (MDB), solicitou a liberação de emendas impositivas no valor de R$ 100 mil para serem destinadas para o Hospital de Corrente, no combate ao coronavírus (covid-19).

Durante entrevista ao GP1 nesta quarta-feira (15), Mádison explicou que o recurso será usado para adquirir insumos, a exemplo de medicamentos e equipamentos de proteção, como máscaras e luvas.

“Estamos destinando os R$ 100 mil para isso, para aquisição de medicação, de luvas, de máscaras para que a gente possa dotar o hospital de Corrente de estrutura para receber qualquer pessoa daquela região, já que a demanda lá é muito grande”, disse o deputado.

João Mádison contou ainda que solicitou ao secretário de Saúde do Piauí, Florentino Neto, dois respiradores mecânicos para Corrente. O deputado chamou atenção também, para a necessidade de instalação de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital do Município.

  • Foto: Lucas Dias/GP1João MádisonJoão Mádison

“Estou pedindo ao secretário para que ele possa nos confirmar os dois ventiladores mecânicos para Corrente. Não é uma UTI, mas esses equipamentos vão ajudar muito. Estou esperando a resposta dele. Corrente já era pra ter uma UTI e eu tenho lutando muito por isso”, informou Mádison.

Ainda sobre os respiradores mecânicos, o deputado lembrou que unidades desses equipamentos estão sendo distribuídas para alguns municípios, além de Teresina.

“Estão chegando alguns na Capital, então, não é justo que Bom Jesus receba e Corrente não. Mesmo que não seja UTI, que tenhamos pelo menos dois equipamentos que auxiliam na respiração dos casos que precisarem ser entubados. Precisamos dessa UTI o mais rápido possível, para resolver os problemas da região. Não só os relacionados a covid-19, mas outros que afligem a região”, finalizou João Mádison.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Covid-19: Wilson Brandão diz que calendário eleitoral está prejudicado

Covid-19: principais avenidas de Teresina ficam desertas após decreto

Covid-19: Receita Federal suspende atendimentos em 9 cidades do Piau