Teresina - PI

Covid-19: UBSs de Teresina realizaram 98 mil atendimentos em julho

Em quatro meses o número de atendimentos sofreu um aumento de 74%, segundo a Fundação Municipal de Saúde.

Nathalia Carvalho
Teresina
- atualizado

As Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Teresina registraram um aumento de 74% no número de atendimentos nos últimos quatro meses, segundo a Fundação Municipal de Saúde (FMS).

Somente no mês passado, 174.008 pessoas foram atendidas, enquanto em abril foral verificados 44.525 atendimentos na Atenção Básica, durante a pandemia.

Com relação aos casos de pessoas com suspeita de terem contraído o novo coronavírus, o número de atendimentos foi quase 10 vezes maior tendo ultrapassado a marca de 98 mil no mês de julho e, por isso, os horários e dias de funcionamento das UBSs foram prolongados para atender à demanda.

“Teresina tem 90 UBS, sendo que 26 delas foram remanejadas para atender exclusivamente casos suspeitos de Covid-19, com seus dias e horários de funcionamento estendidos. Agora, o atendimento é de domingo a domingo, de 7h às 19h”, informa Kledson Batista, diretor de Atenção Básica da FMS.

Desde o início da pandemia do novo coronavírus até o dia 5 de agosto foram realizados 58.984 testes rápidos nas Unidades Básicas exclusivas para atendimento Covid-19. Deste total, 29% dos resultados foram positivos e 71% negativos para o vírus.

Há ainda 64 UBS que atendem casos de saúde que não sejam síndromes gripais, ofertando consulta médica e de enfermagem, além de serviços de vacina, coleta de exame, curativo e entrega de medicamentos.