Picos - PI

Distribuição de cestas básicas causa aglomeração em Picos

Em busca de uma cesta básica pessoas carentes se amontoavam na entrada lateral do Shoping do Povo na manhã de hoje.

José Maria Barros
Picos

A distribuição de cestas básicas por parte da Prefeitura de Picos provocou na manhã de hoje, 9 de abril, uma aglomeração no Shopping do Povo. Lá, dezenas de pessoas se amontoavam na entrada lateral do espaço, destinado aos vendedores ambulantes.

Segundo a assessoria do Palácio Coelho Rodrigues, as cestas básicas eram destinadas aos comerciantes que ocupam o Shopping do Povo e ambulantes, como medida de apoio àqueles que não estão podendo trabalhar em razão da pandemia do coronavírus.

  • Foto: José Maria Barros/GP1Pessoas na fila não respeitavam a distância minimaPessoas na fila não respeitavam a distância minima

A assessoria da Prefeitura de Picos informou ainda que as pessoas com direito a receber as cestas eram chamadas por meio de um cadastro de comerciante informal já existente, ressaltando que não houve aglomeração de pessoas.

  • Foto: José Maria Barros/GP1Distribuição de cestas básicas causa aglomeração em PicosDistribuição de cestas básicas causa aglomeração em Picos

No entanto, a reportagem do GP1 flagrou dezenas de pessoas na entrada lateral do Shopping do Povo tentando adentrar o espaço para conseguir uma cesta. Pelos menos três policiais militares procuravam controlar a distância entre as pessoas, mas, a tentativa deles pareceu em vão.

Na aglomeração tinha pessoas de todas as idades. Crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos.

Quarentena

Desde o dia 23 de março que o comércio de Picos está fechado, com exceção dos serviços essenciais como supermercados, farmácias, mercadinhos, padarias e etc. Desde então, o prefeito Padre José Walmir de Lima (PT) vem adotando novas medidas restritivas a fim de aumentar o isolamento social e evitar a disseminação do coronavírus. Promover a distribuição de cestas básicas permitindo a aglomeração de pessoas parece não ser um bom exemplo da gestão.