Política

Francisco Limma diz que Teresa Britto quer prejudicar o Piauí

"Acho que a deputada foi infeliz na sua colocação, não existe nenhum deputado subserviente a ninguém", declarou Limma.

Bárbara Rodrigues
Teresina
Germana Chaves
Teresina
- atualizado

O deputado estadual Francisco Limma (PT) rebateu nessa terça-feira (17) as críticas da deputada Teresa Britto (PV) e afirmou que a parlamentar está fazendo oposição ao Piauí, ao tentar impedir a tramitação dos empréstimos na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi).

Na sessão de segunda-feira (16), Teresa Britto apresentou um requerimento que barrava a tramitação dos pedidos de empréstimos, mas o requerimento foi negado, o que fez a deputada afirmar que os parlamentares da base agiam com subserviência ao governo. A declaração da deputada gerou um bate-boca, e o deputado Franzé Silva (PT) chegou a declarar que iria pedir a abertura de processo contra Teresa Britto por quebra de decoro parlamentar.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Francisco LimmaFrancisco Limma

Francisco Limma criticou a declaração da deputada. “Acho que a deputada foi infeliz na sua colocação, não existe nenhum deputado subserviente a ninguém. Não podemos confundir oposição ao governo com oposição ao Piauí, acho que ela está fazendo é oposição ao Piauí”, afirmou.

O parlamentar destacou que a deputada estaria agindo contra o povo do Piauí, pois a aprovação dos empréstimos ajudaria na realização de várias obras no estado. “Todo mundo sabe a realidade dos estados, do país e dos municípios, então deveríamos agradecer ao governador e a equipe econômica por colocar o estado em uma condição onde todos os agentes financeiros têm interesse em investir em um estado que tem condição de pagamento. Então existe a possibilidade de retomar o crescimento, gerar emprego, construir estradas, e ela está exatamente associada a essas operações de crédito, mas a gente entende que naquele fogo de fazer oposição, [a pessoa] termina dizendo o que não queria”, disse o deputado.

Francisco Limma explicou que Teresa Britto pode fazer oposição, mas não pode ofender os parlamentares. “Ela cumpre o papel dela [de oposição], mas ela não pode ofender a honra de nenhum outro qualquer parlamentar. Todos são exatamente iguais, todos cumprem o seu papel, o que ela não pode é ofender, porque ninguém é subserviente a nenhum governo”, explicou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Alepi aprova urgência na tramitação de projetos de empréstimos

Rejane Dias afirma que Piauí está precisando de recursos dos empréstimos

Marden Menezes diz que governo faz empréstimos sem cortar gastos

Mais conteúdo sobre: