Nossa Senhora dos Remédios - PI

Lavradores ingressam com ação contra a empresa Equatorial-Cepisa

O processo tramita na Vara Única da Comarca de Porto desde o dia 4 de fevereiro.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

Nove lavradores do município de Nossa Senhora dos Remédios ingressaram, no dia 4 de fevereiro, com ação de indenização por dano moral contra a empresa Equatorial-Cepisa. O processo tramita na Vara Única da Comarca de Porto.

Eles alegaram que ficaram sem fornecimento de energia por mais de 25 dias, no início de janeiro de 2019, em suas residências, em razão de um aparelho transformador de energia elétrica danificado sendo que deveria ter sido substituído por outro urgentemente. O caso aconteceu entre os dias 1º e 25 de janeiro de 2019.

Consta que eles tentaram resolver o problema amigavelmente, no entanto a empresa trata a situação com indiferença o que lhes tem causado vários transtornos, razão pela qual se socorrem dos meios jurisdicionais para resolver o problema.

Foi ressaltado ainda que a energia é de péssima qualidade e que os autores ficaram sem energia do dia 31 de janeiro a 03 de fevereiro de 2019. “Uma verdadeira humilhação e desrespeito com os consumidores que estão em dia com suas obrigações, pois mantem pagamento adimplido”, diz trecho da ação.

Ao final é pedida a condenação da empresa para que realize a substituição das redes e ao pagamento de danos morais para cada autor pelos danos sofridos pela falta do fornecimento de energia elétrica.

Outro lado

Procurada, a assessoria de comunicação da Equatorial não se manifestou sobre a ação.

Mais conteúdo sobre: