Teresina - PI

Léo Cachorrão diz que não errou em negar espaço ao deputado Fábio Macedo

“Eu não poderia ter agido diferente, visto que, não tratava-se de uma festa particular e o público foi lá para assistir à apresentação da banda”, alegou o músico.

Laura Moura
Teresina
- atualizado

O cantor Léo Cachorrão emitiu uma nota de esclarecimento, por meio de suas redes sociais, lamentando a confusão ocorrida na madrugada deste sábado (09), envolvendo o deputado estadual Fábio Macedo (PDT-MA) em uma casa de show situada na Avenida Nossa Senhora de Fátima, zona leste de Teresina.

O músico explicou que a confusão iniciou quando não cedeu um espaço ao parlamentar para que ele utilizasse o microfone para cantar e ressaltou que esta não foi uma atitude incorreta. “Eu não poderia ter agido diferente, visto que, não tratava-se de uma festa particular e o público foi lá para assistir à apresentação da banda”, alegou.

  • Foto: DivulgaçãoLéo Cachorrão e Fábio MacedoFábio Macedo e Léo Cachorrão

Durante a briga, apenas um músico da banda ficou ferido e foi devidamente medicado. Léo Cachorrão informou que não sofreu danos físicos e se encontra bem. “Quero tranquilizar a todos e agradecer todas as mensagens que estão me mandando perguntando sobre meu estado de saúde e prestando solidariedade. Estou bem, felizmente não sofri nenhum dano físico. Um músico da banda foi atingido, mas já foi medicado e todas as medidas cabíveis já foram tomadas”, completou.

O músico ainda lamentou o ocorrido e destacou que espera que o caso não volte a acontecer. “Lamento profundamente o ocorrido. Estava apenas, como todos os dias, fazendo o meu trabalho com muita responsabilidade e respeito ao público. Espero que este triste episódio não se repita para que outros colegas de profissão não passem por este tipo de situação”, finalizou.

Confira a nota de esclarecimento:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deputado Fábio Macedo ameaça PM: "Eu mando te matar vagabundo"

Deputado Fábio Macedo é detido acusado de agredir músico em Teresina

Mais conteúdo sobre: