Teresina - PI

Limma diz que Educação e Saúde são da cota de Wellington Dias

O deputado estadual revelou também as secretarias que estão na mira do Partido dos Trabalhadores.

Germana Chaves
Teresina
- atualizado

O líder do Governo na Assembleia Legislativa do Piauí, deputado estadual Francisco Limma afirmou durante entrevista ao GP1 neste sábado (12), que as secretarias de Educação e Saúde não entram na cota de indicação do PT e sim, na lista de escolhas pessoais do governador Wellington Dias. O problema é que essa percepção petista difere daquilo que é defendido pelos aliados do Governo, que colocam as duas pastas na lista de cargos já destinados a sigla.

Limma revelou também que o Partido dos Trabalhadores vai reivindicar espaços que estejam ligados à área da Infraestrutura.

“Essas áreas [Saúde e Educação] são de indicação pessoal do governador, mas tem a agricultura familiar, que o partido sempre teve muita atuação e vamos pedir para que permaneça com o PT, tem a habitação que é estratégica. Portanto, estamos solicitando isso. Vamos pleitear uma área voltada para a infraestrutura, mas não precisa ser necessariamente a pasta da Infraestrutura”, afirmou o deputado.

  • Foto: Helio Alef/GP1LimmaLimma

Limma citou as secretarias que compõem a relação de espaços que interessam ao PT. “Tivemos dificuldades na gestão passada por não termos um espaço direcionado para o setor estruturante, mas tem várias áreas que contemplam essa área como a Secretaria das Cidades, DER, Setrans, Seinfra e o IDEPI, que são as principais. A gente defende que um desses cargos mais estruturantes fique com o PT”, frisou o líder do Governo.

Conversa com o governador

Francisco Limma disse que o partido aguarda uma conversa com o governador, mas fez questão de destacar que o PT não vai colocar a ‘faca no pescoço’ de Wellington Dias.

“A conversa vai ser quando o governador chamar. Ele vai sentar com o presidente do partido que chamará a bancada parlamentar para discutir. A negociação é com o partido que vai fazer a discussão com cada parlamentar. Vamos deixar o governador à vontade e em hipótese alguma colocaremos a faca no pescoço dele. Confiamos nele e sabemos dos desafios que o Governo enfrenta”, finalizou Limma.

Ocupantes

Hoje a secretaria de Educação é comandada por Hellen Gera e a pasta da Saúde está sob a direção de Florentino Neto, que é do PT.

Mais conteúdo sobre: