Teresina - PI

Mais de 40 moradores de rua testaram negativo para covid-19 em Teresina

Os dados são do Consultório na Rua, divulgado nesta terça-feira (26) pela Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina.

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

Cerca de 48 pessoas em situação de rua apresentaram sintomas gripais em Teresina no período de março a maio desse ano, mas nenhuma foi diagnosticada com o novo coronavírus (Covid-19). Os dados são do Consultório na Rua, divulgado nesta terça-feira (26) pela Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina.

Segundo a FMS, desde o início da pandemia, o Consultório na Rua já atendeu a 455 moradores de rua e passou a realizar busca ativa dos sintomáticos em todas as zonas da cidade. Durante a abordagem feita pela equipe de saúde, os moradores em situação de rua são orientados sobre a importância do autocuidado.

O Consultório na Rua possui uma equipe formada por médico, enfermeiro, assistente social, psicólogo e redutor de danos. Diariamente, eles circulam em uma van levando serviços de saúde para pessoas em situação de rua.

Já no abrigo montado no Estádio Lindolfo Monteiro, a FMS está mantendo equipes exclusivas para os moradores de rua que aceitaram acolhimento no local. O espaço possui capacidade para atender a 70 pessoas. Atualmente, cerca de 35 se encontram abrigadas no local.

O presidente da FMS, Manoel de Moura Neto, relembra que, antes, as pessoas em situação de rua eram excluídas dos serviços públicos. “Hoje, é possível contar com o atendimento humanizado do Consultório na Rua e, durante a pandemia, a Prefeitura de Teresina também está garantindo abrigo para esse público no estádio Lindolfo Monteiro”.