Brasil

Manifestantes pró-Lula ocupam tríplex por quatro horas em SP

A PM encontrou vários danos ao prédio e por este motivo será registrado um boletim de ocorrência.

ANDRESSA MARTINS
DE TERESINA

- atualizado

Na manhã desta segunda-feira (16) cerca de 50 manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e da Frente Povo Sem Medo ocuparam por cerca de 4 horas o tríplex atribuído ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em Guarujá, no litoral Paulista. Lula foi condenado a 12 anos e 1 mês de prisão pelo TRF-4 no caso Triplex e está preso desde o último dia 7 de abril, na sede da Polícia Federal em Curitiba.

  • Foto: Facebook/MTSTManifestantes ocuparam o triplex atribuído ao ex-presidenteManifestantes ocuparam o triplex atribuído ao ex-presidente

Segundo informações da Polícia Militar de São Paulo, para entrar no Edifício Solaris, os manifestantes quebraram o portão do estacionamento e pularam as grades. A PM encontrou vários danos ao prédio e por este motivo será registrado um boletim de ocorrência.

A ocupação iniciou por volta das 8h30 e os manifestantes estenderam faixas na sacada do prédio com mensagens: “Povo Sem Medo”, “Se é do Lula, é nosso” e “Se não é, porque prendeu?”.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB