Teresina - PI

Motoristas de ônibus iniciam nova greve nesta quarta-feira em Teresina

A categoria reivindica plano de saúde, ticket-alimentação, piso salarial, dignidade e respeito. Segundo o Esmerino, será mantida em circulação 30% da frota.

Wanessa Gommes
Teresina
Victória Xavier
Teresina
- atualizado

O diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Empresa de Transportes Rodoviários do Piauí (Sintetro-PI), Esmerino da Costa, informou ao GP1, na noite desta terça-feira (27), que os motoristas e cobradores de ônibus vão iniciar uma nova greve por tempo indeterminado a partir das 5 horas da manhã desta quarta-feira (28).

A categoria reivindica plano de saúde, ticket alimentação, piso salarial, dignidade e respeito. Segundo o Esmerino, será mantida em circulação 30% da frota.

  • Foto: Helio Alef/GP1Greve dos motoristas de ônibus em TeresinaGreve dos motoristas de ônibus em Teresina

Às 8 horas, os trabalhadores do setor de transporte urbano vão se reunir, na sede do Sintetro, para discutirem sobre a greve geral.

Esmerino informou ainda que os servidores do INSS e da Justiça Federal também vão paralisar as atividades.“Além da nossa manifestação, os servidores do INSS e da Justiça Federal também vão parar, iremos nos reunir na praça Rio Branco, a partir das 10 horas, e lá iremos definir os próximos passos”, afirmou.

O ato público, no Dia do Servidor Público, comemorado dia 28 de outubro, será realizado em defesa dos serviços públicos, contra a reforma administrativa, em defesa das empresas públicas e em apoio à greve dos rodoviários.

Greve estava suspensa

No dia 13 de outubro, os motoristas e cobradores iniciarem greve, no entanto, dia 14 de outubro ela foi suspensa após decisão do Tribunal Regional do Trabalhado da 22ª Região (TRT-PI).

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Strans cadastra veículos para circular durante greve dos motoristas

TRT determina manutenção da frota de ônibus durante a greve em Teresina

Motoristas e cobradores de ônibus iniciam nova greve em Teresina

Mais conteúdo sobre: