Fortaleza - CE

Polícia Civil do Piauí deflagra 3ª fase da Operação Precatórios no Ceará

Segundo o delegado Matheus Zanatta, foco da terceira fase é prender pessoas do alto escalão da organização criminosa suspeita de praticar estelionato contra pessoas que receberiam precatórios.

Jeyson Moraes
Teresina
- atualizado

A Polícia Civil do Piauí deflagrou, nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (30), a 3ª fase da "Operação Precatórios" com o objetivo de cumprir 23 mandados de busca e apreensão e 12 mandados de prisão no Estado do Ceará. O inquérito que deu origem a operação investiga golpes praticados por criminosos que se passam por autoridades públicas (desembargadores, auditores), e entram em contato com as vítimas, passando informações falsas sobre o recebimento de precatórios.

Até o momento sete pessoas foram presas e quatro veículos foram apreendidos em Fortaleza e Região Metropolitana. Segundo o delegado Matheus Zanatta, presidente do inquérito e coordenador da Gerência de Polícia Especializada, o foco dessa terceira fase é prender pessoas do alto escalão da organização criminosa suspeita de praticar estelionato contra pessoas que teriam direito a receber precatórios.

“Nessa fase estamos atacando o alto escalão da organização criminosa, as pessoas que recebiam a maior parte do dinheiro nos golpes, e estamos também atacando o patrimônio desses investigados mediante apreensão de veículos. Conseguimos apreender vários veículos, um deles uma Land Rover que está avaliada em quase R$ 400 mil reais”, relatou o delegado Matheus Zanatta.

O delegado ainda afirmou que já foram cumpridos quase 45 mandados de prisão ao longo das três fases da operação. Um dos alvos presos nesta quarta já havia sido preso pela Polícia Federal, acusado de operar um esquema de fraudes cuja monta alcançou R$ 7 milhões. Segundo as investigações, as vítimas dos golpes estão em mais de 15 estados da federação.

A terceira fase da Operação Precatórios contou com a contribuição das Polícias Civis dos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná e Santa Catarina. Os mandados foram cumpridos por policiais da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, Gerência de Polícia Especializada e Núcleo de Inteligência da SSP, com apoio da Polícia Civil do Ceará.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Polícia Civil do Piauí deflagra 2ª fase da Operação Precatório

Polícia Civil do Piauí prende estelionatários no CE e no DF

Mais conteúdo sobre: