Campo Maior - PI

Preso encontrado morto em presídio foi assassinado, diz Sinpoljuspi

“Ele foi morto pelos demais companheiros de cela, que utilizaram um lençol para matar esse detento enforcado", declarou o presidente do sindicato, Kleiton Holanda.

Fábio Wellington
Teresina
Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

O detento identificado como Luís Ricardo de Lima, encontrado morto por agentes penitenciários, na manhã deste sábado (12), dentro de uma das celas da Penitenciária Regional de Campo Maior, distante 84 km de Teresina, foi vítima de homicídio através de enforcamento. A informação foi confirmada ao GP1 pelo presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi), Kleiton Holanda.

Segundo Holanda, os suspeitos utilizaram um lençol para enforcar Luís Ricardo. “Ele foi morto pelos demais companheiros de cela, que utilizaram um lençol para matar esse detento enforcado. A penitenciária é nova, por isso, não tem ferro solto, e nem outros objetos que possam vir a ser utilizados como armas, então eles pegaram um cobertor e cometeram esse assassinato”, revelou.

Luís Ricardo de Lima estava cumprindo pena por um assassinato que havia cometido na cidade de Piripiri, região Norte do Piauí.

Ainda de acordo com Kleiton Holanda, essa é a segunda morte em pouco mais de 48h em presídios do Piauí, totalizando 7 mortes em 11 meses. “Esse ano, já foram quatro mortes na Casa de Custódia, uma na Irmão Guido, uma em Parnaíba há dois dias atrás, e essa na Penitenciária de Campo Maior, que ainda não tinha registrado nenhuma morte depois da inauguração”, finalizou o presidente.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Detento é encontrado morto na Penitenciária Regional de Campo Maior

Detento é espancado até a morte na Penitenciária de Parnaíba

Mais conteúdo sobre: