Timon - MA

Sessão da Câmara de Vereadores de Timon termina em baixaria

As ofensas foram trocadas entre os vereadores Zé Carlos (PSB) e Ramon do (PP), parlamentares da situação e oposição, respectivamente.

Fábio Wellington
Teresina
- atualizado

O que era para ser uma sessão remota e tranquila da Câmara de Vereadores de Timon, na manhã desta segunda-feira (01), se transformou em um verdadeiro “bate-boca” entre os vereadores Zé Carlos (PSB) e Ramon Júnior (PP), parlamentares da situação e outro da oposição, respectivamente.

A sessão estava sendo realizada virtualmente, por conta das medidas de distanciamento social em decorrência da pandemia do novo coronavírus, com a presença de 8 dos 21 parlamentares, mas no momento em que o vereador oposicionista denunciou a possível falta de remédio nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade, Zé Carlos entrou na defesa do prefeito Luciano Leitoa (PSB), e chamou o colega de mentiroso, provocação que deu início à troca de acusações e xingamentos mútuos.

“As pessoas estão indo aos postos com a receita na mão e nem o medicamento o prefeito não está dando, nem o medicamento”, reclamou o vereador Ramon. Logo depois o vereador Zé Carlos retrucou: “Você é um mentiroso, está mentido demais”, disse Zé Carlos.

A discussão não parou por aí: “Quando tu, canalha, bandido, estava falando eu estava calado. Ladrão”, revidou Ramon. Zé por sua vez disparou. “Pois tu vai ter que provar, cheirador de cocaína, cheirador condenado”.

Outro lado

O GP1 procurou os dois parlamentares na tarde desta segunda-feira (01) para comentarem o assunto, mas ambos não foram localizados.

Mais conteúdo sobre: