Teresina - PI

Teresa Britto descarta apoio a candidatura do Dr. Pessoa a prefeito

“Com relação à questão majoritária de Teresina com a candidatura do Dr. Pessoa, eu tenho todo respeito pela pessoa dele, mas nunca tive simpatia dele como gestor", afirmou a deputada.

Jonas Carvalho
Teresina
Germana Chaves
Teresina
- atualizado

A deputada estadual Teresa Britto (PV) descartou apoiar Dr. Pessoa, que vai se filiar ao MDB, na disputa pela Prefeitura de Teresina. Mesmo o PV sendo, atualmente, aliado de Firmino Filho (PSDB), cogitava-se nos bastidores um estreitamento de diálogo entre PV e o MDB de Themístocles Filho com quem Britto mantém uma boa relação. A entrevista foi concedida nesta terça-feira (23).

“Com relação à questão majoritária de Teresina com a candidatura do Dr. Pessoa, eu tenho todo respeito pela pessoa dele, mas nunca tive simpatia por ele como gestor. Isso aí é uma coisa notória com todo respeito à pessoa dele, mas como gestor eu deputada Teresa Britto com todo respeito que tenho àqueles que estão se aliando, maior respeito pelo deputado Themístocles, mas não tenho nenhuma simpatia pela candidatura dele. Não tenho conversado politicamente com ninguém com relação à questão política. É uma discussão compartilhada e não unilateral”, concluiu.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Deputada estadual Teresa BrittoDeputada estadual Teresa Britto

No entanto, a parlamentar disse que a decisão final será do Diretório Municipal da legenda, comandado pela vereadora Pollyanna Rocha. “A minha amizade com o presidente é uma amizade consolidada, de muito respeito um com o outro, mas na questão política ele [Themístocles] sabe o meu posicionamento com relação à candidatura do Dr. Pessoa. Quem vai conduzir todo o processo eleitoral de 2020 é o Diretório Municipal, que está à frente da vereadora Pollyanna Rocha. Eu vou apoiar a decisão deles, eu não vou influenciar de forma alguma. Esse é um processo que eu vou respeitar em todos os municípios", garantiu.

Mesmo afirmando que vai respeitar a decisão do diretório, Teresa disse que vai se manifestar de forma contrária caso ela não concorde. "Claro que, se for algo que eu não concordo, lógico que eu vou me posicionar de forma contrária. Nós temos vários suplentes de vereadores, várias lideranças novas que vieram para o partido e todos querem participar da discussão, não perpassa somente pela deputada Teresa Britto, mas sim pelo colegiado e sempre foi assim na Capital e sempre será”, informou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Teresa Britto alinha discurso com MDB para as eleições de 2020

Teresa Britto diz que PV deve seguir na base de Firmino Filho