Teresina - PI

Vazamento de gás causa explosão em apartamento e deixa feridos em Teresina

André Silva de Moraes, de 27 anos e Bruno Tiago de Sousa Oliveira Silva, de 29 anos, foram levados por uma ambulância do Corpo de Bombeiros para o HUT e passam por avaliação na Unidade de Queimados.

Andressa Martins
Teresina
Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

Vazamento de gás causa explosão em apartamento em Teresina

Duas pessoas tiveram queimaduras após uma explosão causada por um vazamento de gás em um apartamento no bairro Lourival Parente, na zona sul de Teresina. O acidente aconteceu na manhã deste sábado (20) no Condomínio Viver Bem II.

André Silva de Moraes, de 27 anos e Bruno Tiago de Sousa Oliveira Silva, de 29 anos, foram levados por uma ambulância do Corpo de Bombeiros para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT) e passam por avaliação na Unidade de Queimados.

De acordo com a moradora do condomínio vizinho, Djanete Alves de Sousa, o jovem percebeu o forte cheiro de gás e informou sobre o possível vazamento na portaria. Quando o zelador chegou ao apartamento para fazer a verificação, a explosão aconteceu.

“A informação que me passaram é que o rapaz tinha ligado para a portaria que tinha um vazamento de gás muito forte no apartamento dele e ele foi tomar banho. Quando ele entrou no banheiro, o zelador veio, tocou a campainha e quando apertou na campainha, explodiu. O rapaz saiu todo se queimando, saiu até pelado no meio do povo, pegando fogo, foi aí que o vizinho veio acudir e o zelador também”, contou.

Além do apartamento, que ficou completamente destruído, outros imóveis também foram atingidos com a explosão. “A janela do meu apartamento estremeceu. Teve janela de apartamento de lá que quebrou, fora outros apartamentos que foram atingidos também, não foi só o que explodiu”, finalizou Djanete.

O major Carvalho Leal, do Corpo de Bombeiros, explicou que mesmo com a derrubada de algumas paredes, a estrutura do prédio não foi comprometida. Todos os moradores do Bloco I do condomínio Viver Bem II foram retirados de seus apartamentos.

“A gente está aguardando a perícia chegar para realmente definir o que ocasionou a explosão. Não temos nenhuma vítima [fatal], o prédio não está com a estrutura comprometida, estamos aguardando os procedimentos periciais”, explicou.

Mais conteúdo sobre: