Política

Veja como votaram os senadores piauienses no 2º turno da Previdência

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), pretende agendar uma sessão do Congresso para promulgar a nova Previdência daqui a 10 dias.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

Aprovada em segunda votação no Senado Federal na noite desta terça-feira (22), a reforma da Previdência contou com os votos favoráveis dos três senadores piauienses, Ciro Nogueira (Progressistas), Marcelo Castro (MDB) e Elmano Férrer (Podemos). No total, foram 60 votos pela aprovação e 19 contra.

A proposta garante uma economia de R$ 800,3 bilhões em 10 anos, caso o Congresso Nacional rejeite os quatro pedidos de mudança feitos diretamente no plenário do Senado. Os destaques, que podem desidratar o texto em R$ 200 bilhões, ainda estão sendo votados.

  • Foto: GP1Ciro Nogueira, Marcelo Castro e Elmano FérrerCiro Nogueira, Marcelo Castro e Elmano Férrer

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), pretende agendar uma sessão do Congresso para promulgar a nova Previdência daqui a 10 dias.

A reforma foi aprovada em primeiro turno no dia 1º de outubro, com um placar de 56 votos favoráveis e 19 contrários.

NOTÍCIA RELACIONADA

Senado Federal aprova reforma da Previdência em segundo turno