Teresina - PI

Vereadora Graça Amorim aguarda aval de Firmino para se filiar ao PP

“Recebi o convite do PP, que é um convite que fiquei lisonjeada, mas também vamos ouvir o prefeito Firmino Filho no qual sou líder [na Câmara]", afirmou a vereadora.

Andressa Martins
Teresina
- atualizado

Em entrevista ao GP1 na manhã desta quarta-feira (13) a vereadora Graça Amorim (PMB) confirmou que poderá se filiar ao Progressistas. O PMB não conseguiu alcançar a cláusula de barreira e a vereadora aguarda o posicionamento do prefeito Firmino Filho (PSDB) para decidir seu destino político.

“Recebi o convite do PP, que é um convite que fiquei lisonjeada, mas também vamos ouvir o prefeito Firmino Filho no qual sou líder [na Câmara] e fui eleita na coligação para que a gente possa escolher um partido que dê oportunidade para a gente ter uma candidatura plausível”, afirmou.

  • Foto: Hélio Alef/GP1Vereadora Graça AmorimVereadora Graça Amorim

O caminho mais natural é que a vereadora migre para o Progressistas. O irmão de Graça, deputado Hélio Isaías e sua cunhada, a prefeita de São Raimundo Nonato, Carmelita Castro, fazem parte do partido de Ciro Nogueira. Firmino é aliado do senador, tanto que sua esposa, a deputada estadual Lucy Soares e seu sobrinho, deputado Firmino Paulo, também integram o partido.

Questionada sobre as conversações com o prefeito Firmino Filho, Graça falou que ainda está “objetivando uma concorrência justa”, mas ainda não há uma definição.

“A gente vem conversando, trabalhando a formação de partidos. Obviamente objetivando uma concorrência justa porque tem pessoas que não querem se coligar no partido que a gente tá porque acham que a gente tem muito voto, outros não querem. Estamos fazendo um estudo, mas definição mesmo ainda não temos”, concluiu a vereadora.

* Com informações de Jonas Carvalho