Política

Wellington Dias dialoga para que Estados participem da reforma

"O próprio presidente da Câmara, Rodrigo Maia, já fez um contato manifestando que o diálogo pode avançar no sentido de retomar a participação dos Estados", afirmou o governador.

Wanessa Gommes
Teresina
Germana Chaves
Teresina
- atualizado

O governador Wellington Dias voltou a falar, nesta segunda-feira (17), sobre a Reforma da Previdência. A entrevista foi concedida durante entrega da comenda Colar do Mérito Judiciário no Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI).

Com a retirada dos estados da reforma, os governadores se mostraram insatisfeitos podendo até orientar voto contrário ao relatório do deputado Samuel Moreira, relator da reforma. Em relação a isso, Wellington disse que ainda existe uma discussão acerca do assunto.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Wellington DiasWellington Dias

“Nós ainda estamos tratando, existe uma proposta de agenda nesta terça-feira ou quarta-feira dos governadores do Nordeste. O próprio presidente da Câmara, Rodrigo Maia, já fez um contato manifestando que o diálogo pode avançar no sentido de retomar a participação dos Estados e eu acho que essa é uma semana de bons diálogos pra gente ver se na próxima semana tem novidade”, afirmou.

Para Wellington, é interessante que os estados sejam incluídos na proposta. Ele destacou ainda os entendimentos que foram mantidos. “Nós fechamos o entendimento e o lado bom é que foi mantido, ou seja, a retirada de BPC (Benefício de Prestação Continuada), a retirada do prejuízo que era dado aos trabalhadores rurais, aos deficientes, a retirada dessa parte da capitalização, que também criava divisões internas na proposta e eu destaco também o compromisso que já saiu no relatório, acho que tem uma ou outra coisa a acertar relacionada a desconstitucionalização”, declarou.

“Então, eu digo que agora é mais é redação de texto, mas eu creio que na essência nós estamos bem próximos de um texto que o objetivo é alcançar as condições de aprovação. Você pode ter um texto que pode ser de agrado de A ou de B, mas que não consiga mais de 308 votos”, falou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Veja o parecer do relator da reforma da Previdência na Câmara Federal

Wellington Dias e governadores discutem reforma da Previdência

Governadores repudiam retirada de estados da reforma da Previdência