GP1

Polícia

PM divulga resultado da Operação Tiradentes em Timon

De acordo com o tenente-coronel Schnneyder, comandante do 11º bpm, quase 100 homens participaram das diligências durante os dois dias.

O comando do 11º batalhão da Polícia Militar de Timon divulgou o resultado da Operação Tiradentes, realizada no município, durante os dias 11 e 12 deste mês. A ação, que ocorreu em todo o Brasil, teve como objetivo reforçar o policiamento nas cidades e diminuir o número de crimes.

De acordo com o tenente-coronel Hormann Schnneyder, comandante do 11º BPM, quase 100 homens participaram das diligências durante os dois dias. “Nós fizemos uma operação forte com 90 homens, com incursões em praticamente todos os bairros de Timon, naqueles que têm uma mancha criminal, que a gente entende que precisa ter uma visibilidade de policiamento. Então, a gente foi fazendo abordagens e a sociedade sentiu, inclusive, eu estava pessoalmente nas ações. Agora, pelo menos uma vez por mês, a gente vai continuar fazendo uma operação mais forte para alcançar os bairros de Timon”, pontuou.

  • Foto: Divulgação/PM-MAComandante dá orientações aos policiais do 11º batalhão da PM de TimonComandante dá orientações aos policiais do 11º batalhão da PM de Timon

A operação, que teve início às 00h do dia 11 e foi finalizada às 16h do dia 12 de maio, conseguiu apreender um revólver calibre .32, no bairro Parque Alvorada, duas armas brancas e ainda cinco motocicletas roubadas, que foram recuperadas.

  • Foto: Divulgação/PM-MASede do 11º batalhão da PM em TimonSede do 11º batalhão da PM em Timon

O balanço operacional registrou abordagens a 645 pessoas; 321 veículos; 36 bares e locais de festa. Cinco pessoas foram conduzidas ao 1º DP e um suspeito foi autuado em flagrante do porte ilegal de arma de fogo. Os municípios de Matões e Parnarama também foram alvos da operação.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.