GP1

Teresina - Piauí

Bebê agredida em Parnaíba será transferido para o HUT

Segundo o boletim médico, a criança permanece em estado grave, porém estável.

O Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), localizado em Parnaíba, divulgou na manhã desta quarta-feira (30), um novo boletim médico acerca do estado de saúde da bebê, identificada somente pelas iniciais M.C.L.S, de um ano, que deu entrada no dia 21 de outubro em estado grave, após supostamente ser agredido pela própria mãe. O caso ocorreu na cidade de Parnaíba, litoral do Piauí.

Segundo o boletim médico, a criança foi transferida nesta manhã, para a Unidade de Terapia Intensiva do Hospital de Urgência de Teresina (UTI/HUT). A criança permanece em estado grave, porém estável. Ela continua entubada e com distúrbio hidroeletrolico.

Veja nota na íntegra

O Hospital Estadual Dirceu Arcoverde - HEDA informa que a menor identificada pelas as iniciais M.C.L.S, de 1 ano de idade, que deu entrada no dia 21 de outubro de 2019, segue em estado grave, porém considerado estável. No momento, a criança continua entubada e com distúrbio hidroeletrolico. Sendo transferida, na manhã desta quarta-feira (30), para a UTI do Hospital de Urgência de Teresina para continuidade do tratamento adequado.

Entenda o caso

Uma mulher, que não teve a identidade revelada, é acusada de maltratar a própria bebê, de apenas 1 ano e 7 meses na cidade de Parnaíba, litoral do Piauí. A criança, identificada pelas iniciais M.C.L.S deu entrada no dia 21 de outubro no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA) e segue em estado grave.

Segundo informações repassadas pela assessoria do HEDA, a criança deu entrada com alguns hematomas e deficiências respiratórias, o que acarretou na intubação.

Testemunhas relataram que a mãe agredia a criança com tapas na boca e xingamentos quando ela tinha crises de choro. O caso foi levado ao Conselho Tutelar de Parnaíba.

A Polícia Civil vai investigar o caso e por enquanto a mãe está proibida de chegar perto da criança.

NOTÍCIA RELACIONADA

Mãe é suspeita de agredir o próprio bebê de 1 ano em Parnaíba

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.