GP1

Teresina - Piauí

Polícia deflagra "Operação Marias" e cumpre mandados em Teresina

Operação Marias foi deflagrada na manhã desta terça-feira (26), em vários estados do país.

A Secretaria de Estado da Segurança Pública, através da Gerência de Polícia Especializada, Deam Sul e Deam Sudeste, participam da operação “Marias”, deflagrada nesta terça-feira (26) em vários estados do país.

Até o momento, em Teresina, foram cumpridos mandados de prisão, que estavam em aberto, contra dois homens, identificados como José Francisco Brasilino e Renato Aguiar, acusados de praticarem crimes contra mulheres. José Francisco é acusado de descumprir medida protetiva. Já Renato Aguiar, segundo a delegada Anamelka, foi condenado no ano de 2015 pelo crime de estupro e ameaça.

Em entrevista ao GP1, a delegada e diretora de Gestão Interna da Secretaria de Segurança Pública do Piauí, Anamelka Cadena, explica que a ação se deu em razão dos 16 Dias de Ativismo. A operação foi deliberada pelo Conselho Nacional de Chefes de Polícia (CONCPC) durante o encontro do primeiro Fórum Nacional Permanente de Enfrentamento à Violência Contra Mulher ocorrido nos dias 30 e 31 de outubro, em Brasília.

"Essa operação está sendo deflagrada em razão dos Dias de Ativismo e foi uma deliberação do Conselho Nacional de Chefes de Polícia durante o encontro do primeiro Fórum Nacional Permanente de Enfrentamento à Violência Contra Mulher, que aconteceu em Brasília. Então, a gente teve esse levantamento de mandado de prisão que estavam em aberto, de violência contra mulher. E algumas medidas protetivas também para que elas fossem monitoradas", explicou a delegada.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Anamelka CadenaAnamelka Cadena

Ainda de acordo com Anamelka, há mais 5 acusados que podem ser presos nesta semana. Todos os mandados de prisão possuem a mesma temática, que é a violência contra mulher. "A gente já tem esse saldo positivo de dois cumpridos e ainda tem mais cinco que serão avaliados, e algumas medidas protetivas também na zona sudeste e na zona sul de Teresina estão sendo avaliadas. Esses sete mandados, que a gente conseguiu fazer o levantamento, estão em aberto. Todos relacionados à violência contra mulher" finalizou.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.