GP1

Piauí

Obras de revitalização das hortas do Dirceu terão início neste mês

De acordo com Evandro Hidd, a obra compreenderá toda a extensão da Avenida Noé Mendes, mais conhecida como Avenida das Hortas, num total de 4,5km.

O superintendente da SDU Sudeste, Evandro Hidd, afirmou na manhã desta sexta-feira (06), em entrevista ao GP1, que a ordem de serviço para a revitalização da horta do Grande Dirceu já foi assinada e a empresa responsável pela execução dos serviços está instalando o canteiro de obras para iniciar os trabalhos, que têm previsão de conclusão em 18 meses.

De acordo com Evandro Hidd, a obra compreenderá toda a extensão da Avenida Noé Mendes, mais conhecida como Avenida das Hortas, num total de 4,5km.

“Nós já assinamos a ordem de serviço, a empresa já está procurando o local para instalar o canteiro de obras. Então daqui a 10 ou 15 dias nós teremos a obra propriamente sendo executada. Vamos ter um calçadão moderno com áreas de convivência entre as hortas, academia popular, pista para caminhada, cooper e área para ciclofaixa ao longo da via com 4,5km”, destacou.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Superintendente da SDU Sudeste, Evandro HiddSuperintendente da SDU Sudeste, Evandro Hidd

De acordo com Evandro Hidd, a Prefeitura de Teresina fará um investimento da ordem de R$ 10 milhões com parte dos recursos de emenda parlamentares. “Nós dividimos a Avenida Noé Mendes em seis trechos e nessa primeira etapa, que compreende três trechos, serão investidos R$ 4 milhões e a outra parte, com recurso via Codevasf, está em licitação”, pontuou.

O superintendente afirmou que o projeto vem sido discutido com os horticultores desde o ano de 2015 e em 2017 foi apresentado em um concurso em Buenos Aires, com o tema mobilidade urbana sustentável, ocasião em que foi destaque. “A partir daí a gente foi atrás dos recursos, conseguimos via Codevasf cerca de R$ 4 milhões e o prefeito conseguiu cerca de R$ 7 milhões em um financiamento através do Banco do Brasil. Os horticultores serão beneficiados com os serviços e como há várias partes sem ocupação elas serão reaproveitadas”, finalizou Evandro Hidd.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.