GP1

Teresina - Piauí

Wilson Gondim assume Comissão de Liberdade de Imprensa e Expressão

Poucas pessoas participaram da posse, para que assim fosse garantida a segurança sanitária devido a pandemia do novo coronavírus.

Lucas Dias/GP1 1 / 20 Posse Wilson Gondim ocorreu na sede da OAB Posse Wilson Gondim ocorreu na sede da OAB
Lucas Dias/GP1 2 / 20 Advogado Wilson Gondim Advogado Wilson Gondim
Lucas Dias/GP1 3 / 20 Posse de Wilson Gondim na sede da OAB-PI Posse de Wilson Gondim na sede da OAB-PI
Lucas Dias/GP1 4 / 20 Advogado João Neto Advogado João Neto
Lucas Dias/GP1 5 / 20 Celso de Barros, presidente da OAB-PI Celso de Barros, presidente da OAB-PI
Lucas Dias/GP1 6 / 20 Wilson Gondim e Celso Barros Wilson Gondim e Celso Barros
Lucas Dias/GP1 7 / 20 Posse Wilson Gondim Posse Wilson Gondim
Lucas Dias/GP1 8 / 20 Wilson Gondim Wilson Gondim
Lucas Dias/GP1 9 / 20 Advogado João neto é um dos membros da comissão Advogado João neto é um dos membros da comissão
Lucas Dias/GP1 10 / 20 Solenidade restrita na sede da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Piauí Solenidade restrita na sede da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Piauí
Lucas Dias/GP1 11 / 20 Rony Torres Rony Torres
Lucas Dias/GP1 12 / 20 Advogado Maurício Alves da Silva Advogado Maurício Alves da Silva
Lucas Dias/GP1 13 / 20 Posse de Wilson Gondim aconteceu nesta manhã na sede da OAB-PI Posse de Wilson Gondim aconteceu nesta manhã na sede da OAB-PI
Lucas Dias/GP1 14 / 20 Advogados na solenidade na OAB-PI Advogados na solenidade na OAB-PI
Lucas Dias/GP1 15 / 20 Advogado João neto ao lado de Rony Torres Advogado João neto ao lado de Rony Torres
Lucas Dias/GP1 16 / 20 Ézio José Raulino Amaral Ézio José Raulino Amaral
Lucas Dias/GP1 17 / 20 O advogado João Neto é um dos membros da comissão O advogado João Neto é um dos membros da comissão
Lucas Dias/GP1 18 / 20 Advogados na solenidade Advogados na solenidade
Lucas Dias/GP1 19 / 20 O advogado Wilson Gondim assumiu a presidência da comissão O advogado Wilson Gondim assumiu a presidência da comissão
Lucas Dias/GP1 20 / 20 O advogado Wilson Gondim ao lado do Celso Barros O advogado Wilson Gondim ao lado do Celso Barros

Na manhã desta terça-feira (16) foi realizada uma solenidade restrita na sede da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Piauí (OAB-PI), para a posse dos membros da Comissão de Liberdade de Imprensa e Expressão (CLIE), no auditório Ministro Reis Veloso, em Teresina. Poucas pessoas participaram da posse, para que assim fosse garantida a segurança sanitária devido a pandemia do novo coronavírus.

O advogado Wilson Gondim assumiu a presidência da comissão que tem como objetivo defender, no Estado do Piauí, os ideais de liberdade de imprensa e expressão. Essa é a primeira comissão criada no Piauí nesse sentido, assim como uma das primeiras do Brasil.

“Não é um marco só para a advocacia, mas um marco para a sociedade, porque os direitos e defesas tutelados aqui não serão só dos advogados e jornalistas, mas sim de toda a sociedade, pois é nela que a informação chega. Estou muito feliz, acreditando que o trabalho vai fazer efeito e que a gente consiga que o tema chegue para as pessoas de forma diferente. Hoje eu vejo muito ódio e rancor pelo trabalho do jornalista, que está cobrindo apenas um movimento e o ódio daquele movimento vai no jornalista que está ali apenas no intuito de cobrir. Então acho que é um tema palpitante, acho que é importante e acredito que vamos fazer com que surja uma semente no Piauí que vai influenciar o Brasil inteiro”, disse Wilson Gondim.

O presidente da OAB-PI, Celso Barros, destacou a importância da comissão. “É uma das primeiras comissões criadas nas vinte e sete OABs do Brasil e que tem como fundamento, poder garantir a liberdade de imprensa e de expressão, que são direitos constitucionais, porque além de ser um direito do jornalista em bem informar, é um direito da sociedade de obter as informações e as notícias dos fatos que acontecem e isso se faz através da imprensa. A Ordem dos Advogados do Brasil, por bem, resolveu criar essa comissão por bem dos direitos fundamentais. Vivemos em um país democrático, onde não há censura, claro que a liberdade de imprensa e expressão não pode invadir direito de pessoas, não pode haver calúnia, injúria, difamação e caso isso ocorra irá dentro o processamento daquela má informação”, disse Celso de Barros.

O advogado João Neto é um dos membros da comissão e destacou que se não ocorresse qualquer tipo de afronta a liberdade de imprensa, a comissão não seria necessária, mas que esse não é o caso no Brasil.

“Foi um misto de sensações [por participar da comissão], primeiro de responsabilidade, porque é uma Comissão de Liberdade de Imprensa e Expressão, onde no nosso estado e no país, é uma das primeiras nesse sentido. A segunda sensação que senti foi de preocupação, porque se a liberdade de imprensa já fosse um dogma, que não fosse de forma alguma questionada, não haveria a necessidade de trabalho nesse sentido. Então fica a reflexão. Vamos ser proativos, combater o autoritarismo e combater a afronta a imprensa e a sua liberdade”, disse João Neto.

A comissão será composta pelos advogados: Ézio José Raulino Amaral (Vice-Presidente), Maurício Alves da Silva (Secretário-Geral), Rony Abreu Torres (membro), Pablo Romário Sousa Melo (membro), Pedro Henrique Costa de Aquino (membro), João Alberto Soares Neto (membro).

NOTÍCIA RELACIONADA

Diretoria da Comissão de Liberdade de Imprensa da OAB-PI toma posse dia 16

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.