GP1

Teresina - Piauí

Polícia prende dupla com "supermaconha" avaliada em R$ 30 mil no Dirceu

De acordo com o comandante da Força Tarefa, capitão Frazão, um dos acusados se disfarçava de entregador de alimentos e realizava o delivery de drogas.

Lucas Dias/GP1 1 / 13 Material apreendido pelos policiais Material apreendido pelos policiais
Lucas Dias/GP1 2 / 13 Material apreeendido pela força tarefa Material apreeendido pela força tarefa
Lucas Dias/GP1 3 / 13 Material apreendido pela Polícia Material apreendido pela Polícia
Lucas Dias/GP1 4 / 13 Balança de precisão apreendida Balança de precisão apreendida
Lucas Dias/GP1 5 / 13 Colete de moto taxi apreendido pelos policiais Colete de moto taxi apreendido pelos policiais
Lucas Dias/GP1 6 / 13 Maconha apreendida Maconha apreendida
Lucas Dias/GP1 7 / 13 Dinheiro trocado apreendido pelos policiais Dinheiro trocado apreendido pelos policiais
Lucas Dias/GP1 8 / 13 Maquina de cartão apreendida pela Polícia Militar Maquina de cartão apreendida pela Polícia Militar
Lucas Dias/GP1 9 / 13 Droga e balança de precisão apreendida no local Droga e balança de precisão apreendida no local
Lucas Dias/GP1 10 / 13 Maquina de cartão apreendida pela Polícia Militar Maquina de cartão apreendida pela Polícia Militar
Lucas Dias/GP1 11 / 13 Droga era cultivada em estufa improvisada Droga era cultivada em estufa improvisada
Lucas Dias/GP1 12 / 13 Seda usada para fazer os cigarros de maconha Seda usada para fazer os cigarros de maconha
Lucas Dias/GP1 13 / 13 Policial com droga apreendida durante operação Policial com droga apreendida durante operação

A Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública (SSP-PI) prendeu em flagrante, na manhã desta quarta-feira (06), uma dupla com skank, droga conhecida popularmente como "supermaconha", avaliada em R$ 30 mil no bairro Dirceu, na zona sudeste da Capital.

De acordo com o comandante da Força Tarefa, capitão Frazão, um dos acusados se disfarçava de entregador de alimentos. “Ele estava em uma motocicleta, usando colete de mototáxi e carregando uma caixa térmica. Se disfarçava de entregador de alimentos, mas na verdade ele entregava maconha do tipo skank, uma maconha cara, que chega a custar de R$ 25,00 a R$ 30,00 a grama, e uma peça custa cerca de R$ 30.000,00 mil", disse o capitão.

Ainda conforme o capitão, uma apreensão de mesmo porte foi realizada no mês anterior e um dos indivíduos já havia sido capturado e estava sendo monitorado. "Um dos indivíduos foi preso há menos de um mês pelo mesmo crime, foi colocado em liberdade com monitoramento da tornozeleira, e voltou a traficar. Hoje voltamos a conduzi-lo mais uma vez para a Central de Flagrantes", completou.

Além da droga, os policiais apreenderam celulares, dinheiro e uma balança de precisão. A dupla foi encaminhada à Central de Flagrantes de Teresina para os procedimentos cabíveis ao caso.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.