GP1

Teresina - Piauí

Bandido é morto a tiros após realizar assalto no Dirceu II

Com o assaltante, ainda não identificado, foram encontrados um revólver calibre 38 e um aparelho celular.

Alef Leão/GP1 1 / 10 Polícia Militar no local da ocorrência Polícia Militar no local da ocorrência
Alef Leão/GP1 2 / 10 Moto ensanguentada Moto ensanguentada
Alef Leão/GP1 3 / 10 Polícia Militar no local Polícia Militar no local
Alef Leão/GP1 4 / 10 Criminoso é morto após assalto na zona sudeste de Teresina Criminoso é morto após assalto na zona sudeste de Teresina
Alef Leão/GP1 5 / 10 Criminoso morreu no local Criminoso morreu no local
Alef Leão/GP1 6 / 10 Cabo Roberto Silva, do 8º BPM Cabo Roberto Silva, do 8º BPM
Alef Leão/GP1 7 / 10 Polícia Militar fez o isolamento do local Polícia Militar fez o isolamento do local
Alef Leão/GP1 8 / 10 Motocicleta usada pelo criminoso morto ficou no local Motocicleta usada pelo criminoso morto ficou no local
Alef Leão/GP1 9 / 10 Arma de fogo apreendida pela PM no local Arma de fogo apreendida pela PM no local
Alef Leão/GP1 10 / 10 Local do homicídio no Dirceu II Local do homicídio no Dirceu II

Um criminoso morreu ao realizar assaltos nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (18) no bairro Dirceu II, zona sudeste de Teresina. Com o bandido, ainda não identificado, foram encontrados um revólver calibre 38 e um aparelho celular.

Segundo informações preliminares, dois criminosos, cada um em uma motocicleta, estavam realizando assaltos na região e, na última ocorrência, alguém reagiu e acabou atingindo um dos bandidos. Mesmo ferido, ele ainda pilotou a moto por cerca de 200 metros e, no cruzamento da quadra 227 com 253, perdeu o controle e colidiu em um poste, caindo na calçada.

Populares retiraram o capacete e logo depois verificaram que havia uma arma de fogo e um aparelho celular junto ao corpo. O 8º Batalhão da Polícia Militar já está no local. O Instituto Médico Legal (IML) também já foi acionado para remoção do corpo, após os trabalhos da perícia criminal.

O cabo Roberto Silva, do 8º BPM, deu mais informações e confirmou que a dupla vinha realizando assaltos na região há vários dias.

“O Copom acionou a gente para virmos até aqui e nos deparamos com essa cena, segundo o pessoal, há 3, 4 dias ele e outro cara, o outro fugiu, tentaram assaltar e hoje deu ruim para eles. Cedo da manhã, o café da manhã deles é fazer isso aí [assaltos]. O cara não quer trabalhar, só dá nisso. Uma senhora que chegou aqui informou que são do Monte Horebe, mas não temos certeza”, disse o PM.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.