GP1

Teresina - Piauí

Tenente do 25º BC é acusado de ameaçar criança com arma em Teresina

O caso ocorreu no domingo (21), em um restaurante no bairro Monte Castelo, zona sul da Capital.

Uma mãe identificada como Ingrid Rocha entrou em contato com o GP1 na tarde desta terça-feira (23) para denunciar que um tenente do 25º Batalhão de Caçadores identificado apenas como Robson, ameaçou seu filho de 5 anos com uma arma de fogo. O caso ocorreu no domingo (21), em um restaurante localizado no bairro Monte Castelo, zona sul de Teresina, mas somente veio à tona nesta terça.

Segundo Ingrid Rocha, ela estava em um jantar em família e tinha deixado o filho brincando no playground do restaurante, quando em um certo momento o militar apareceu gritando e perguntando quem era os pais de uma criança que usava óculos. Conforme a mãe, a partir dessa hora ela começou a procurar o filho, que foi encontrado trancado dentro do banheiro em estado de choque. A motivação para as ameaças ao garoto seria porque ele teria agredido o filho do militar.

Uma mãe identificada como Ingrid Rocha entrou em contato com o GP1 na tarde desta terça-feira (23) para denunciar que um tenente do 25º Batalhão de Caçadores identificado apenas como Anderson, ameaçou seu filho de 5 anos, com uma arma de fogo. O caso ocorreu no domingo (21), em um restaurante localizado no bairro Monte Castelo, mas somente veio à tona nesta terça. Polícia Civil do Estado do Piauí #PortalGP1 #GP1 #Teresina

Posted by GP1 - O 1º Grande Portal de Notícias do Piauí on Tuesday, November 23, 2021

“Estávamos jantando como de costume, quando apareceu um homem, que agora já sabemos que ele é tenente do Exército, perguntando quem eram os pais de uma criança de óculos. A partir desse momento começamos a procurar por meu filho que tinha desaparecido de nossas vistas. Após minutos de desespero, localizamos ele dentro do banheiro feminino, totalmente amedrontado, ele contou para a gente que o homem tinha apontado a arma para a cabeça dele e falado que poderia atirar contra ele”, relatou a mãe.

Foto: Reprodução/WhatsAppBoletim de Ocorrência
Boletim de Ocorrência

“Depois que encontrei meu filho e fiquei sabendo do que tinha acontecido, fui até a mesa do suspeito que confirmou o que ele tinha feito e disse que faria tudo de novo. Após esse momento, o acusado foi embora do restaurante sem pagar a conta”, disse.

Ingrid Rocha informou ainda que procurou a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente – DPCA, onde registrou um Boletim de Ocorrência denunciando as ameaças.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.