GP1

Teresina - Piauí

Bancada federal visita Hospital São Marcos para destinar emendas

Estiveram no hospital, os senadores Elmano e Eliane Nogueira e os deputados Júlio César, Merlong e Abreu.

Lucas Dias/GP1 1 / 6 Júlio César Júlio César
Lucas Dias/GP1 2 / 6 Senador Elmano Férrer Senador Elmano Férrer
Lucas Dias/GP1 3 / 6 Marcelo Martins Marcelo Martins
Lucas Dias/GP1 4 / 6 Merlong Solano Merlong Solano
Lucas Dias/GP1 5 / 6 Fábio Abreu Fábio Abreu
Lucas Dias/GP1 6 / 6 Eliane Nogueira Eliane Nogueira

Os senadores Elmano Férrer e Eliane Nogueira, do Progressistas, juntamente com os deputados federais Júlio César (PSD), Merlong Solano (PT) e Fábio Abreu (PL) visitaram, na manhã desta segunda-feira (08), o Hospital São Marcos, no centro de Teresina. Eles devem destinar recursos de emendas parlamentares para o hospital.

O senador Elmano Férrer destacou que sempre tem destinado emendas para o hospital. “Em 2019 eu coloquei R$ 500 mil, em 2020 também coloquei mais R$ 500 mil e tenho colocado para área de neurocirurgia também recursos e para a compra de material de laboratório. Isso aqui é uma referência regional, é uma excelência de hospital e nós temos o dever e obrigação de colocar recursos possíveis de cada um dos parlamentares”, disse o senador.

O deputado Júlio César afirmou que deve destinar R$ 500 mil para o Hospital São Marcos. “Eu já destinei algumas emendas de R$ 500 mil aqui para o hospital e quero destinar para o exercício seguinte no mesmo valor. Eu reconheço o déficit das contas desse hospital e a dimensão que ele tem para dar assistência, principalmente, aos pobres desse estado”, reforçou.

Fábio Abreu declarou que como parlamentar, se sente na obrigação de destinar recurso para o hospital, principalmente para a ala infantil. "A gente tem feito várias indicações com esse fim, de estar apoiando o Hospital São Marcos, que todos sabemos que tem sua característica principal com o atendimento de pessoas portadoras de câncer. E nós indicamos também, principalmente para a ala das crianças, temos vários recursos nesse sentindo e vamos estar reiterando essas ações por julgar de maior importância um problema tão grave e que apenas uma unidade praticamente no nosso estado, além do Hospital Universitário, que faz esse tipo de atendimento. Então, para nós é importante que o parlamentar indique esses recursos porque pelo que nós conversamos com a direção do hospital, é uma das fontes que faz com que esse projeto permaneça da forma que está e evoluir. Então, como parlamentar e representante do povo do estado do Piauí eu me sinto na obrigação de indicar recursos de meios parlamentares para o Hospital São Marcos”, afirmou o deputado federal.

O diretor do Hospital São Marcos, Marcelo Martins, acompanhou a visita da bancada federal e falou da importância do hospital no tratamento do câncer, especialmente, nos casos de pessoas sem condição financeira. “Os hospitais filantrópicos são responsáveis por tratar a maior parte dos casos de câncer no Brasil inteiro e no Piauí não é diferente, aqui nós temos 98% dos casos de câncer sendo tratados no São Marcos, então é um hospital que precisa de ajuda, de auxílio para continuar cumprindo a sua missão”, enfatizou.

Marcelo frisou que os leitos destinados ao tratamento de câncer pelo SUS têm reduzido por conta da falta de recursos e lembrou o alto custo que tem um tratamento de câncer. “Esse hospital foi criado com objetivo de atender a população mais carente que tem câncer, essa é a missão dele, acontece que no Brasil inteiro o número de leitos hospitalares destinados ao atendimento de câncer pelo SUS vem em diminuição por causa da falta de recursos financeiros. O tratamento de câncer é caro e a remuneração, via de regra, é quase que exclusivamente federal”, falou.

“Então, existe uma necessidade de que a bancada federal se aproxime do hospital, que o governo municipal e estadual se aproximem do hospital para evitar que a gente tenha diminuição ou até mesmo interrupção em casos mais extremos do atendimento do câncer da população mais carente”, finalizou Marcelo Martins.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.