GP1

Teresina - Piauí

Corpo encontrado em cova pode ser de vítima do Tribunal do Crime, diz Barêtta

O delegado Barêtta afirmou que no local foram encontradas algumas roupas semelhantes a da Sereia 14.

A Polícia Civil do Piauí, através do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa - DHPP, está investigando se a ossada humana encontrada no último sábado (24), em uma cova às margens do Rio Poti, na zona norte de Teresina, se trata da adolescente Gisele Vitória da Silva Sampaio, 17 anos, mais conhecida como “Sereia 14”, que foi executada pelo Tribunal do Crime no dia 8 de março deste a ano.

Em entrevista ao GP1, o diretor do DHPP, delegado Francisco Costa, o “Barêtta”, afirmou que no local foram encontradas algumas roupas semelhantes com a da "Sereia 14", mas ressaltou que a identificação oficial só pode ser confirmada após os resultados oficiais dos exames da perícia.

Foto: Reprodução/WhatsappGisele Vitória dentro de cova antes de ser morta
Gisele Vitória dentro de cova antes de ser morta

“As informações que constam é que as vestes que foram encontradas no local, junto ao corpo, são parecidas com as que realmente a vítima costumava usar. Contudo, isso não é suficiente para que haja uma identificação, até porque os exames de antropologia forense vão verificar se realmente é uma ossada humana e se é do sexo feminino. Partindo daí, vai-se em busca da identificação. Todas essas perguntas serão respondidas e encaminhadas para a delegada Luana, porque pode ser que realmente esteja relacionada a investigação dessa moça conhecida por Sereia”, relatou.

Foto: Brunno Suênio/GP1Delegado Barêtta, do DHPP
Delegado Barêtta, do DHPP

Investigações e prisões por crimes hediondos

O delegado Barêtta comentou ainda que as investigações sobre alguns crimes hediondos que foram registrados na Capital nas últimas semanas estão adiantadas e que os respectivos autores dos homicídios serão identificados e presos em pouco tempo.

“As investigações já estão bastante adiantadas, eu, inclusive, posso adiantar para os senhores que nos próximos dias nós estaremos identificando e prendendo vários autores de crimes hediondos em Teresina, mas é necessário investigar com a cautela, porque a Justiça não se baseia em suposição e a polícia tem que seguir atrás da verdade”, comentou.

Ossada humana encontrada na zona norte

O corpo de uma mulher foi encontrado enterrado em uma cova nas margens do Rio Poti, na tarde deste sábado (22), no bairro Mocambinho, zona norte de Teresina. A suspeita é que o corpo seja da adolescente Gisele Vitória da Silva Sampaio, 17 anos, mais conhecida como “Sereia 14”. De acordo com o sargento Costa, do 9° Batalhão da Polícia Militar do Piauí, o corpo foi encontrado em estado de decomposição após a guarnição policial receber uma denúncia anônima. Na cova, os policiais também encontraram uma sandália feminina.

Foto: Alef Leão/GP1Bombeiros foram acionados para desenterrar o corpo
Bombeiros foram acionados para desenterrar o corpo

“Estávamos realizando patrulhamento quando recebemos uma ligação anônima informando que nessa região aqui tinha uma cova. Na denúncia, informava que o corpo era da Sereia, que estaria enterrado aqui. Diante da informação, viemos ao local e começamos a cavar, constatamos o indício de um corpo e acionamos o Corpo de Bombeiros”, detalhou o sargento.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.