GP1

Teresina - PI

Deputado Pablo Santos declara apoio a Zé Santana para vaga no TCE

“Tem o meu voto sim. Santana é nosso amigo e diga-se de passagem, tem bagagem", elogiou Pablo.

O deputado estadual Zé Santana deve contar com o apoio integral do MDB na busca pela vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI). Nesta quarta-feira (23), o GP1 conversou com o deputado emedebista Pablo Santos que confirmou alinhamento com o colega de partido no pleito para a Corte de Contas.

Pablo ressaltou ainda a competência como advogado, além da experiência administrativa de Santana. Para Santos, estas qualidades credenciam Zé Santana para a vaga em discussão.

Foto: Lucas Dias/GP1Deputado Pablo Santos
Deputado Pablo Santos

“Tem o meu voto sim. Santana é nosso amigo, nosso colega de partido, e diga-se de passagem, tem bagagem pela experiência administrativa que possui. Ele é um grande advogado, deputado atuante, e já assumiu a cadeira de senador do nosso Estado. Ele se cacifa naturalmente pela sua bagagem a pleitear essa vaga”, argumentou Pablo.

“Como a vaga pleiteada é da Alepi, nada mais que justo votar em um colega do nosso partido com tanta experiência. Respeito os demais colegas que colocaram seus nomes para a disputa, mas como emedebista acompanho nosso partido e acredito que todos os outros colegas do partido também”, completou Pablo Santos.

MDB em sintonia

Além de Pablo Santos, os deputados emedebistas João Mádison Nogueira e Henrique Pires, já tinham declarado apoio a Santana na busca pelo espaço no TCE. "Eu sempre fui um homem de partido e sempre gosto de preservar o meu partido e como Santana já comunicou que é candidato, eu votarei no candidato do meu partido, se porventura houver um segundo turno e ele não chegar, aí eu escolherei outra pessoa”, afirmou Mádison. “O caminho natural é que eu apoie o Zé Santana”, declarou Pires essa semana.

Mais postulantes

Além de Zé Santana, outros deputados também já revelaram interesse de ocupar a vaga de conselheiro do TCE. Estão na lista Wilson Brandão (Progressistas), Franzé Silva (PT) e Flora Izabel (PT). Apesar de ainda não ter vindo à público falar sobre a pauta, corre nos bastidores da Assembleia Legislativa que o deputado Flávio Júnior (PDT) também teria confirmado intenção de entrar nas discussões sobre o espaço no Tribunal de Contas do Estado.

Vacância

O conselheiro Luciano Nunes protocolou pedido de aposentadoria do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) para o dia 07 de julho, três dias antes de completar 75 anos, idade necessária para aposentadoria compulsória.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.