GP1

Teresina - PI

Henrique Pires diz que é natural seu apoio a Zé Santana para o TCE

“O caminho natural é que eu apoie o Zé Santana", declarou Pires ao GP1 nesta segunda-feira (21).

O deputado estadual Henrique Pires (MDB) se pronunciou sobre a possibilidade do também deputado Zé Santana (MDB) vir a disputar a vaga de conselheiro do Luciano Nunes (TCE-PI). Apesar de esclarecer que o assunto ainda não foi debatido, Pires afirmou, durante entrevista ao GP1 nesta segunda-feira (21), que o caminho natural é declarar apoio ao colega de partido no pleito em questão.

O parlamentar afirmou ainda que o presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, deputado Themístocles Filho (MDB), orientou que o assunto só seja discutido depois que a mensagem informando a saída do conselheiro Luciano Nunes do TCE, chegue à Alepi.

Foto: Lucas Dias/GP1Henrique Pires
Henrique Pires

“O caminho natural é que eu apoie o Zé Santana, mas nunca sentamos para conversar ou nos reunimos no partido para discutir o assunto. Inclusive, o presidente Themístocles Filho pediu para que nós esperássemos o comunicado da vacância do conselheiro Luciano Nunes chegar a Assembleia para depois termos uma conversa com o governador”, disse Henrique Pires.

Mais oportunidades

Além de Henrique, o deputado estadual emedebista, João Mádison Nogueira, já havia declarado apoio a Santana na busca pelo espaço no TCE. "Eu sempre fui um homem de partido e sempre gosto de preservar o meu partido e como Santana já comunicou que é candidato, eu votarei no candidato do meu partido, se porventura houver um segundo turno e ele não chegar, aí eu escolherei outra pessoa”, afirmou Mádison na ocasião.

Vacância

O conselheiro Luciano Nunes protocolou pedido de aposentadoria do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) para o dia 07 de julho, três dias antes de completar 75 anos, idade necessária para aposentadoria compulsória.

Durante entrevista ao GP1, o conselheiro encaminhou uma nota intitulada “Dia da Partida”, onde faz uma reflexão sobre sua trajetória naquela corte. “No próximo dia 07 de julho estarei deixando o Tribunal de Contas do Estado do Piauí depois de 27 anos como Conselheiro daquela Corte de Contas”, inicia o texto.

Luciano Nunes afirma que se despede do TCE com poucas palavras, mas com muitas lembranças de experiências que foram “enriquecedoras e gratificantes”, segundo ele. “Despeço-me com poucas palavras e apenas lembrando que neste período passei por enriquecedoras e gratificantes experiências, tendo aprendido muito, conhecido e convivido com pessoas extraordinárias aqui e por todo este amado Brasil, que me proporcionaram oportunidades para um grande e maduro crescimento”, declarou.

Postulantes

Além de Zé Santana, mais três deputados confirmaram ao GP1 interesse em ocupar o cargo de conselheiro da Corte de Contas. Wilson Brandão (Progressistas) e os petistas Franzé Silva e Flora Izabel.

Apesar de ainda não ter vindo à público falar sobre a pauta, corre nos bastidores da Assembleia Legislativa que o deputado Flávio Nogueira Júnior (PDT) teria confirmado a intenção de entrar nas discussões sobre o espaço no Tribunal de Contas do Estado.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.