GP1

Teresina - Piauí

FMS pede 40 mil doses de vacinas semanais ao Ministério da Saúde

A FMS pontua que o número de doses recebidas impede que a Capital avance na vacinação contra a covid.

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) enviou, nesta segunda-feira (09), um novo ofício ao Ministério da Saúde reiterando o pedido de doses extras da vacina contra a Covid-19 para Teresina. O órgão pontua que são necessárias 40 mil doses semanais para avançar na idade de imunização.

A justificativa do novo pedido de doses extras, se embasa mais uma vez na justificativa de que o quantitativo de imunizantes destinados atualmente para a Capital é insuficiente para a demanda, o que impede o avanço da campanha de vacinação.

Foto: Marcelo Cardoso/GP1Gilberto Albuquerque
Gilberto Albuquerque

De acordo com o presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, a solicitação leva em consideração o status de Teresina como referência para o atendimento de média e alta complexidade para os demais municípios do Piauí e dos estados vizinhos, Maranhão, Pará e Tocantins.

“A presença da nova variante delta no Maranhão e Ceará causa grande preocupação a todo sistema de saúde do Piauí, especialmente à capital. Existe a necessidade da realização de uma imunização em massa nesta capital, em decorrência da elevada circulação de pessoas oriundas do Maranhão, especialmente munícipes de São Luís e cidades vizinhas e que fazem fronteira com o estado”, diz o presidente.

Segundo análises da FMS, o número de doses é necessário pela estimativa populacional. Os dados supõem que Teresina tenha, atualmente, uma média de 15 mil pessoas por faixa etária entre 30 e 40 anos. Dados do IBGE revelam que um total de 448.982 pessoas têm acima de 18 anos na capital (idade com direito à vacina atualmente).

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.