GP1

Teresina - Piauí

Lei que proíbe o uso de cigarros eletrônicos é aprovada em Teresina

Agora, o projeto segue para ser analisado pelo prefeito de Teresina, Dr. Pessoa (MDB).

A Câmara Municipal de Teresina aprovou nesta semana, em segunda votação, o projeto de lei que proíbe o uso de cigarros eletrônicos e narguilés em espaços fechados. Agora a proposta foi encaminhada para a aprovação do prefeito da capital Dr. Pessoa (MDB), a fim de que ele possa colocar a lei em vigor ou não.

O projeto de lei foi proposto pelo vereador Dudu (PT), com a finalidade de preservar a saúde pública, principalmente das pessoas que não utilizam o cigarro eletrônico.

Foto: Reprodução/InstagramHomem usando vape
Homem usando vape

"Esse projeto visa modificar a lei Municipal 4034/2010 que faz a proibição ao consumo de cigarros, cigarrilhas, charutos, cachimbos ou qualquer produto fumígeno, derivado ou não do tabaco. Com a alteração, os vapes e narguilés serão adicionados a lista entre os derivados do tabaco prejudiciais à saúde", explicou o vereador.

O cigarro eletrônico, também conhecido como “Vape” vem ganhando destaque entre os jovens e entrando em várias discussões quanto aos seus efeitos, principalmente em decorrência das mortes que ocorreram nos Estados Unidos pelo uso dos cigarros eletrônicos. Sendo não recomendados pela Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (Socesp) nem como “terapia antitabagismo”, por ter sido comprovado cientificamente como ineficaz para essa finalidade.Câmara Municipal de Teresina

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.