GP1

Teresina - Piauí

Empresária denuncia que foi vítima de falsa médica presa pela PF em Teresina

Iaponyra Soares foi presa pela Polícia Federal no dia 16 de maio durante um evento da OAB Piauí.

Uma empresária do setor de vestuário, que preferiu não ter a identidade revelada, registrou nessa sexta-feira (20), um Boletim de Ocorrência no 8º Distrito Policial, denunciando que foi vítima de um golpe aplicado por Iaponyra Soares Pereira de Sousa e Silva, falsa médica presa pela Polícia Federal durante um evento da OAB Piauí no dia 16 de maio.

Segundo Liana Leal, advogada da vítima, Iaponyra Soares se apresentou como neurologista na loja da empresária, fez uma compra de aproximadamente R$ 3 mil e nunca pagou.

Foto: Lucas Dias/GP1Advogada Liana Leal
Advogada Liana Leal

“A minha cliente é uma empresária de loja de vestuário e conheceu essa cidadã numa loja Fashion Truck, uma loja móvel. Ela [falsa médica] se interessou, fez compras e se dirigiu a loja física para finalizar a compra. Escolheu as peças e no momento do ato do pagamento de R$ 3 mil ela disse que o cartão estava bloqueado e que precisaria ir ao banco, para tentar desbloquear o cartão dela. Nesse momento, ela se apresentou como neurologista e pediu que minha cliente não se preocupasse, que ela voltaria para passar o cartão e fazer o pagamento da compra”, relatou a advogada.

Foto: Lucas Dias/GP1Advogada da vítima, Liana Leal
Liana Leal, advogada da vítima

“No entanto, a minha cliente, para se precaver, fez com que ela assinasse uma nota promissória com o valor da compra e ficou aguardando. Ela não quis perder a compra e confiou, porque ela se disse médica. O tempo foi passando, ela não voltou mais na loja, foram feitos contatos várias vezes por telefone, mas ela dava desculpa que estava de plantão, com a mãe doente, enfim, várias desculpas. Até que chegou um ponto de ela tentar se passar por vítima para querer reverter a situação”, continuou a advogada da vítima.

Foto: Lucas Dias/GP1Oitavo Distrito Policial
Oitavo Distrito Policial

De acordo com Liana Leal, após ver a reportagem divulgada na mídia sobre a prisão de Iaponyra Soares, a vítima reconheceu a falsa médica como sendo a mesma pessoa que aplicou o golpe em sua loja.

Foto: Lucas Dias/GP18º Distrito Policial
8º Distrito Policial

“Quando a reportagem foi veiculada sobre o exercício ilegal da Medicina lá na OAB, a vítima reconheceu que se tratava da mesma pessoa e resolveu tomar as providências. Entrou em contato comigo, eu reconheci porque eu já sabia de todo o ocorrido, e a gente resolveu tomar as medidas cabíveis tanto cível, quanto criminal”, ressaltou Liana Leal.

A advogada disse ainda que foi realizado o Boletim de Ocorrência no 8º Distrito Policial e que serão abertos inquéritos contra a falsa médica tanto na esfera cível como criminal. “A gente resolveu procurar o 8º distrito para fazer o Boletim de Ocorrência e tomar as providências para que o delegado possa dar abertura ao inquérito policial. Inclusive, a vítima já foi ouvida. Vamos dar prosseguimento também na esfera cível com relação a cobrança para que isso não passe impune, para que outras pessoas não sejam vítimas de golpes desse tipo e que a Justiça seja feia”, completou Liana Leal.

Entenda o caso

Iaponyra Soares Pereira de Sousa e Silva foi presa na tarde da última segunda-feira (16), pela Polícia Federal, durante evento da OAB-PI, em Teresina, acusada de estelionato. Ela se apresentava como médica neurologista, PhD e pesquisadora científica.

Foto: Reprodução/InstagramIaponyra Sousa
Iaponyra Sousa

A mulher foi denunciada pela própria OAB-PI, que levantou suspeitas com a apresentação de seus dados. Em contato com o Conselho Regional de Medicina do Piauí (CRM-PI), a OAB constatou que o registro apresentado por ela pertencia a uma médica que atuava no município de Miguel Alves.

No dia seguinte, o juiz federal substituto Brunno Christiano Carvalho Cardoso concedeu liberdade provisória a falsa médica.

Outro lado

Procurada pelo GP1, Iaponyra Soares Pereira de Sousa e Silva não foi localizada para comentar a denúncia.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.