GP1

Teresina - Piauí

Amigos e familiares se despedem do policial civil José Valdeck de Melo

Valdeck foi baleado durante um assalto, no dia 07 de maio, e acabou falecendo no HTI nessa terça (24).

O velório do policial civil José Valdeck de Melo teve início às 6h desta quarta-feira (25), no Espaço Sol da Funerária Pax União, com a presença de muitos familiares e amigos de profissão. Valdeck foi baleado durante um assalto, no dia 07 de maio, e acabou falecendo no Hospital de Terapia Intensiva (HTI) no final da noite dessa terça-feira (24), 17 dias depois.

Foto: Lucas Dias/GP1Amigos de Valdeck participam de velório da Pax União
Amigos de Valdeck participam de velório da Pax União

O presidente da Associação dos Policiais Civis do Estado do Piauí, Daniel Reis, lamentou o ocorrido e aproveitou o momento para ressaltar que nem mesmo os agentes de segurança estão imunes da violência que cresce na Capital.

“Nós aqui da APOCEPI, lamentamos a morte prematura do nosso associado, a forma violenta que ele terminou perdendo a vida e estamos muito tristes. E isso mostra a crescente violência que assola a nossa capital. Nós, trabalhadores da segurança, estamos enxugando gelo, mas a gente sabe o que acontece no final, porque são presos e logo após soltos”, disse Daniel Reis.

Foto: Lucas Dias/GP1Marcelo Duarte trabalhava no 12º DP com Valdeck
Marcelo Duarte trabalhava no 12º DP com Valdeck

O investigador do 12º DP, Marcelo Duarte, também prestou solidariedade à família e lembrou do seu companheiro de trabalho. “Comoveu a todos os policiais a morte do nosso Valdeck, estávamos em oração por sua vida, mas, infelizmente, recebemos essa notícia triste que foi a perda desse nosso colega. Recebemos a notícia através de sua esposa, que sempre estava em contato, ela repassou ontem que ele estava indo bem, mas houveram complicações e ele foi a óbito. Só de Polícia Civil ele tinha 30 anos e sempre foi um homem operacional, que gostava das forças de segurança e era muito trabalhador”, lembrou.

Foto: Lucas Dias/GP1Velório do policial civil Valdeck
Velório do policial civil Valdeck

“Não foram visitá-lo durante os 17 dias que ele estava no hospital e nem aos seus familiares, agora se fosse o contrário, se o policial tivesse matado um desses bandidos todas as instituições estariam defendendo os bandidos. A relação dele era ótima, trabalhava comigo há 15 anos já e cumpria todas suas obrigações, era muito querido pela corporação. É uma perda irreparável, todos estamos de luto”, frisou o delegado Canabrava.

O corpo do policial civil será sepultado no final da tarde, às 17h, com presença de familiares e amigos no Cemitério São José, na zona norte de Teresina.

Foto: Lucas Dias/GP1Delegado Canabrava é titular da delegacia onde Valdeck atuava
Delegado Canabrava é titular da delegacia onde Valdeck atuava

Entenda o caso

José Valdeck de Melo foi abordado em um depósito de bebidos, durante um assalto, por dois bandidos no dia 07 de maio de 2022. Na ocasião, os criminosos acabaram baleando o agente de segurança, que foi alvejado por pelo menos com cinco disparos.

Logo depois, Valdeck foi encaminhado para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), onde passou por procedimentos cirúrgicos e evoluiu bem, sendo transferido para o Hospital de Terapia Intensiva (HTI). Depois de 17 dias de internação, Valdeck acabou não resistindo e morreu na noite dessa terça-feira (24).

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.