GP1

Água Branca - Piauí

Pastor acusado de tentar matar namorado da ex-esposa é preso no Piauí

A prisão temporária do pastor ocorreu nessa terça-feira (21) pela Polícia Civil de Água Branca.

A Polícia Civil do Piauí prendeu nessa terça-feira (21) um pastor de iniciais L.C.L.S.S acusado de tentar assassinar o atual companheiro da ex-esposa, no município de Água Branca, distante 90 km de Teresina.

Em entrevista ao GP1, o delegado Bruno Luz afirmou que o cumprimento da prisão temporária se deu em função de ameaças que o acusado passou a fazer contra a vítima e sua ex-esposa, mesmo depois do crime de tentativa de homicídio ocorrido em 28 de maio deste ano.

“A prisão ocorre por força de um mandado de prisão temporária e as investigações apontaram o preso como o principal suspeito por ter tentado matar o atual companheiro da ex-esposa. A ex-companheira e a vítima falaram que ele continuava os ameaçando, rondando a residência dos dois, mas ele negou, disse que não continuou ameaçando”, pontuou.

Motivação do crime

Conforme depoimento do pastor à Polícia Civil, ele relatou que tentou matar o atual companheiro em função de uma traição da ex-esposa. “Ele disse que tudo começou por uma traição da ex-esposa e disse também que o atual companheiro dela continuava o provocando em razão dessa situação. Ele fala que isso foi uma reação a uma provocação direta, mas não planejou, nem premeditou nada”, ressaltou o delegado.

O pastor L.C.L.S.S permanece preso na Delegacia Regional de Água Branca, mas deve ser transferido para o sistema prisional ainda nesta quarta-feira (22).

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.