GP1

Teresina - Piauí

Moradores denunciam ruas cobertas de esgoto e dejetos no Parque Alvorada

A Águas de Teresina disse que se trata de entupimento na rede e o serviço não é de sua responsabilidade.

Marcelo Cardoso/GP1 1 / 23 Leandro Azevedo Leandro Azevedo
Marcelo Cardoso/GP1 2 / 23 Leandro Azevedo na rua Zuca Lopes Leandro Azevedo na rua Zuca Lopes
Marcelo Cardoso/GP1 3 / 23 Cruzamento das ruas Monteiro Lobato com Zuca Lopes Cruzamento das ruas Monteiro Lobato com Zuca Lopes
Marcelo Cardoso/GP1 4 / 23 Lama acumulada nas ruas Lama acumulada nas ruas
Marcelo Cardoso/GP1 5 / 23 Moradores reclamam de muita lama e um cheiro insuportável Moradores reclamam de muita lama e um cheiro insuportável
Marcelo Cardoso/GP1 6 / 23 Moradores reclamam de muita lama e água na rua Moradores reclamam de muita lama e água na rua
Marcelo Cardoso/GP1 7 / 23 Acúmulo de lama na rua Monteiro Lobato Acúmulo de lama na rua Monteiro Lobato
Marcelo Cardoso/GP1 8 / 23 Rua Monteiro Lobato Rua Monteiro Lobato
Marcelo Cardoso/GP1 9 / 23 Pneus colocados por moradores para evitar a circulação de veículos Pneus colocados por moradores para evitar a circulação de veículos
Marcelo Cardoso/GP1 10 / 23 Moradores fecham rua em forma de protesto Moradores fecham rua em forma de protesto
Marcelo Cardoso/GP1 11 / 23 Moradora disse que é impossível ficar na porta de casa por conta do mau-cheiro Moradora disse que é impossível ficar na porta de casa por conta do mau-cheiro
Marcelo Cardoso/GP1 12 / 23 Muita lama acumulada na rua Muita lama acumulada na rua
Marcelo Cardoso/GP1 13 / 23 Rua Zuca Lopes cheia de água e lama Rua Zuca Lopes cheia de água e lama
Marcelo Cardoso/GP1 14 / 23 Buraco na rua Buraco na rua
Marcelo Cardoso/GP1 15 / 23 Rua fica localizada na zona Norte de Teresina Rua fica localizada na zona Norte de Teresina
Marcelo Cardoso/GP1 16 / 23 Dona Raimunda Dona Raimunda
Marcelo Cardoso/GP1 17 / 23 Dona Raimunda disse que sua casa toda vez fica alagada no período chuvoso Dona Raimunda disse que sua casa toda vez fica alagada no período chuvoso
Marcelo Cardoso/GP1 18 / 23 Rua Canindé que fica localizada no bairro Parque Alvorada Rua Canindé que fica localizada no bairro Parque Alvorada
Marcelo Cardoso/GP1 19 / 23 Situação da rua Canindé Situação da rua Canindé
Marcelo Cardoso/GP1 20 / 23 Morador achou um Cágado na rua Morador achou um Cágado na rua
Marcelo Cardoso/GP1 21 / 23 Rua Canindé, Parque Alvorada, Teresina Rua Canindé, Parque Alvorada, Teresina
Marcelo Cardoso/GP1 22 / 23 Muita água e lama acumulada Muita água e lama acumulada
Marcelo Cardoso/GP1 23 / 23 Moradores reclamam da situação Moradores reclamam da situação

Os moradores e comerciantes do bairro Parque Alvorada, na zona norte de Teresina, entraram em contato com o GP1 na manhã deste sábado (06) para denunciar que estão tendo que conviver com esgoto e dejetos na porta de suas casas por conta de um vazamento na rede de saneamento não solucionado, que dura mais de ano.

Nossa equipe de reportagem foi até o bairro e constatou a veracidade das denúncias no cruzamento das ruas Monteiro Lobato e Zuca Lopes e na Rua Canindé, ambas intrafegáveis, porque estão cobertas de esgoto. Em entrevista ao GP1, o líder comunitário Leandro Azevedo relatou que os próprios moradores tiveram que interditar alguns locais por conta dos riscos de acidente, já que há vários buracos nos quais o esgoto está acumulado.

“Segundo os moradores mais antigos, o problema começa lá atrás, no Hospital do Matadouro, por conta do Programa Sanear, que foi começado e não terminou. O pessoal já paga o Sanear na conta todos os meses, mas estão nessa situação. Os comerciantes estão impossibilitados de trabalhar por conta do odor de fezes, de urina. Aqui são várias ruas nessa situação e não é porque está chovendo, é esgoto a céu aberto mesmo. A gente está tentando tomar providencias, nós mesmo, a gente já isolou a rua, como você pode ver pelas imagens está intrafegável. A rua Canindé, que é outra, também vamos interditar se a Saad Centro e a Águas De Teresina não nos trouxer respostas”, declarou Leandro.

O comerciante Irismar Denis também falou com nossa reportagem e declarou que as vendas estão prejudicadas, porque não passa nenhum carro na rua, além de que, segundo ele, ninguém aguenta o odor por conta do esgoto.

“É lamentável a situação, a gente que tem comércio, os carros não trafegam e não passam, então dificultam nossa venda. A gente fica preocupado, não tem nem o que falar, já fizemos de tudo, tem abaixo-assinado, várias ocorrências, inclusive a gente interditou justamente para não ter o tráfego, porque a rua está um caos. Pedimos às autoridades que tomem providências para tentar solucionar o problema da rua Monteiro Lobato com a Zuca Lopes. Já aconteceram vários acidentes, inclusive essa semana um táxi caiu dentro do buraco da bueira, ficou com os pneus traseiros levantados do chão. Fica muito difícil, não sabemos para qual órgão vamos recorrer, porque fica um jogando para outro”, declarou o comerciante.

“A gente se acostumou, porque não tem para onde ir”

Na rua Canindé, a doméstica Raimunda comentou que precisa conviver com o odor do esgoto todos os dias, porque não tem outro lugar para morar. “Eu moro há 30 anos e a gente se acostumou com o odor, porque não tenho para onde ir, mas se eu tivesse para onde ir, eu iria, porque todos os anos eu sou a da primeira casa que alaga. Essa água nunca mais secou, nós não estamos no período chuvoso, mas nunca secou, ela aumenta, diminui, e a gente suporta. A água entra dentro de casa quando chega o inverno. Agora até cobra apareceu. Aqui tem muita gente doente nesse pedaço, tem uma senhora que sempre está doente por conta desse esgoto", comentou a doméstica.

Outro lado

O GP1 entrou em contato com o superintendente de Ações Administrativas Descentralizadas (Saad) centro, Roncalli Filho, que afirmou que já encaminhou uma notificação à Águas de Teresina para solucionar o mais rápido possível o problema, que se trata de um vazamento. Em nota, a SAAD Centro também garantiu que irá realizar a recuperação das vias afetadas.

Águas de Teresina diz que serviço não é de sua responsabilidade

Por meio de nota, a Águas de Teresina afirmou que já fez uma sondagem no local e ficou constatado que trata-se de um entupimento na rede de drenagem urbana, o que impede a fluidez da água pela galeria, fazendo com que haja o transbordamento. A concessionária destacou que o serviço no local não é de sua responsabilidade.

Confira a nota da SAAD Centro na íntegra

A Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) Centro informa que vem notificando a Águas de Teresina e também está acompanhando de perto os trabalhos das equipes da concessionária para localizar vazamentos no entorno que estão provocando o acumulo de água no local.

Após identificação do problema, a SAAD Centro irá providenciar as ações de recuperação que forem necessárias para reestabelecer as condições de trafegabilidade da via novamente.

A pasta reforça ainda que a equipe de Serviços Urbanos intensificou a limpeza de galerias na região para diminuir os prejuízos na via e está à disposição para resolver as demandas da população.

Confira a nota da Águas de Teresina na íntegra

Reclamação sobre extravasamento de esgoto na rua Monteiro Lobato, próximo ao 7º Distrito Policial – Parque Alvorada

Profissionais da Águas de Teresina estiveram no local, para vistoria conjunta com engenheiros da SAAD Centro e não foi identificado vazamento de água. Durante sondagem ficou constatado que trata-se de entupimento na rede de drenagem urbana, o que impede a fluidez da água pela galeria e chega a transbordar em via pública.

A concessionária destaca ainda, que o serviço a ser executado no local não é de sua responsabilidade.

Para informar problemas de vazamentos é importante que os usuários utilizem os canais oficiais. Gratuitamente, a população dispõe de atendimento 24 horas pelo 0800 223 2000.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.