GP1

Piauí

Universidade Estácio Sá compra o CEUT em negociação milionária

De acordo com Moema Bona, da direção do CEUT, maiores detalhes foram informados durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira (19).

A família Bona fechou negociação milionária com a Universidade Estácio de Sá, do Rio de Janeiro e vendeu por R$ 33 milhões o Centro de Ensino Unificado de Teresina (CEUT). De acordo com Moema Bona, da direção do CEUT, maiores detalhes foram informados durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira (19). Na coletiva os sócios repassaram maiores informações sobre o assunto, e explicar detalhes do negócio. Segundo Moema os alunos já vinham sendo informados da negociação para a venda. Alguns, inclusive, já fizeram postagens sobre o assunto nas redes sociais.

Durante a coletiva, o diretor da Universidade Estácio de Sá na Região Nordeste, Elisio Alcântara disse que a transição vai acontecer da maneira mais tranquila possível e que no momento não haverá grandes mudanças. O diretor regional afirmou que a grade curricular do CEUT e os cursos serão mantidos nesse primeiro momento.

Imagem: DivulgaçãoFaculdade Ceut é vendida para Universidade Estácio Sá(Imagem:Divulgação)Faculdade Ceut é vendida para Universidade Estácio de Sá

A Universidade Estácio de Sá é conhecida nacionalmente por aprovar um analfabeto para curso de graduação superior. Reportagem exibida pelo “Fantástico”, da Rede Globo, em dezembro de 2001, mostrou o caso escandaloso do padeiro Severino da Silva, que ainda estava aprendendo a ler e foi aprovado em 9º lugar no vestibular para o curso de direito da Universidade. O caso foi alvo de notícia até no jornal francês Le Monde.

Imagem: DivulgaçãoUniversidade Estácio de Sá compra Ceut por R$ 33 milhões(Imagem:Divulgação)Universidade Estácio de Sá compra Ceut por R$ 33 milhões

O analfabeto não fez a redação, alegando que estava se sentindo mal, mesmo sendo obrigatória para o curso de Direito. Severino marcou como respostas as letras A e B em todas as provas. Na época o diretor da Estácio de Sá, Marcelo Campos, informou que o padeiro foi aprovado no vestibular porque “contou com o aspecto sorte”.

Confira a reportagem do Fantástico

Analfabeto é aprovado no vestibular da Universidade Estácio de Sá


Curta a página do GP1 no facebook: www.facebook.com/PortalGP1

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.