GP1

Piauí

Greve dos motoristas de ônibus de Teresina continua nesta sexta

O presidente do Sintetro, Ajuri Dias, explicou que a entidade vai cumprir com a garantia do percentual mínimo de profissionais trabalhando em períodos de greve.

Após deflagrar greve alegando falta de pagamento de benefícios aos trabalhadores do sistema de transporte público de Teresina, o Sindicato dos Trabalhadores em Empresa de Transportes Rodoviários do Piauí (Sintetro-PI) informou que a categoria seguirá de braços cruzados nesta sexta-feira (30).

Em entrevista ao GP1 na noite desta quinta-feira (29), o presidente do Sintetro, Ajuri Dias, explicou que a entidade vai cumprir com a garantia do percentual mínimo de profissionais trabalhando em períodos de greve. “[Os ônibus] continuam circulando de acordo com ordens de serviço”, colocou.

  • Foto: Brunno Suênio/GP1Ajuri Dias, do SintetroAjuri Dias, do Sintetro

No entanto, de acordo com o sindicalista, os empresários é quem de fato controlam a frota que circula na cidade. “Quem faz este controle são os empresários”, ressaltou Ajuri Dias.

Na próxima quarta-feira (04) a greve dos motoristas e cobradores de ônibus de Teresina será pauta no plenário do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) no Piauí, onde deve ser discutido dissídio coletivo envolvendo a categoria e os empresários do transporte público da capital.

Setut

O Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (Setut) se pronunciou sobre a greve ainda nesta quarta-feira (28), quando informou que não há justificativa para a paralisação e que o não pagamento de ticket e plano de saúde estão alicerçados na falta de acordo na convenção coletiva de trabalho e em duas decisões de instâncias superiores no Tribunal Superior do Trabalho (TST) e outra Supremo Tribunal Federal (STF).

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Motoristas de ônibus iniciam 2ª greve em menos de um mês em Teresina

Sintetro diz que não tem prazo para fim da greve dos motoristas de ônibus

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.