GP1

Piauí

Wellington Dias entrega 140 mil chips para alunos da rede estadual

De acordo com o governador, o objetivo é proporcionar ao aluno a possibilidade de acompanhar, de forma online, todo conteúdo que será repassado pelos professores por meio de aulas remotas.

Alef Leão/ GP1 Secretário Ellen Gera Secretário Ellen Gera
Alef Leão/ GP1 Ellen Gera Ellen Gera
Alef Leão/ GP1 Governador Wellington Dias Governador Wellington Dias
Alef Leão/ GP1 Wellington Dias Wellington Dias
Alef Leão/ GP1 Regina Sousa  Regina Sousa
Alef Leão/ GP1 Governador do Piauí Governador do Piauí
Alef Leão/ GP1 Aluno recebendo chip com internet Aluno recebendo chip com internet
Alef Leão/ GP1 Estudantes recebendo chips com internet Estudantes recebendo chips com internet
Alef Leão/ GP1 Governador ao lado da vice-governadora Governador ao lado da vice-governadora
Alef Leão/ GP1 Wellington Dias Wellington Dias
Alef Leão/ GP1 Wellington Dias Wellington Dias
Alef Leão/ GP1 Wellington Dias governador do Piauí Wellington Dias governador do Piauí
Secretário Ellen Gera
Ellen Gera
Governador Wellington Dias
Wellington Dias
Regina Sousa
Governador do Piauí
Aluno recebendo chip com internet
Estudantes recebendo chips com internet
Governador ao lado da vice-governadora
Wellington Dias
Wellington Dias
Wellington Dias governador do Piauí

O governador Wellington Dias (PT) entregou na manhã desta segunda-feira (23), no Palácio de Karnak, 140 mil chips 4G com 20GB de internet mensais que serão utilizados pelos alunos da rede estadual de ensino, através de aulas remotas.

De acordo com o governador, o objetivo é proporcionar ao aluno a possibilidade de acompanhar, de forma online, todo conteúdo que será repassado pelos professores por meio de aulas remotas, adotadas em função da pandemia do novo coronavírus. O investimento faz parte de uma parceria com a Embratel.

“Em uma parceria com a Embratel, Claro, entre outros meios de comunicação, nós estamos entregando 140 mil chips de um total de 180 mil que vamos ter ainda essa semana para nossa rede de educação básica. A gente já vem desde março trabalhando com um modelo virtual, mas agora um modelo mais moderno em que o aluno tem acesso à aula online onde consegue, inclusive, armazenar informações e ter uma interação com professores, o que era possível somente em sala de aula”, disse.

Os professores poderão se comunicar com os estudantes com a solução da Embratel, enviando mensagens e arquivos via push para orientá-los sobre quais conteúdos devem ler ou quais aulas devem assistir. Em uma mesma plataforma os professores poderão acompanhar a evolução dos estudos, tornando mais próxima a interação com os estudantes quando não estiverem juntos em sala de aula.

“Estamos buscando alternativas também para dar mais um passo. Hoje é possível repassar as aulas semanais para alunos que não têm internet, mas o objetivo é de a gente adquirir tablets e garantir a armazenagem de dados em condições de que em qualquer lugar que tenha energia o aluno poder fazer o uso. O objetivo não é somente para agora, queremos avançar com o uso de tecnologias modernas para a educação no sentido do aprimoramento, garantir o nivelamento de conhecimento para bons resultados no Piauí, que é o que se destaca e não queremos perder terreno. Para, além disso, queremos garantir vagas de educação técnica e ensino superior”, finalizou Wellington Dias.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.