GP1

Piauí

Bandido que matou pai de perito é condenado a 20 anos de prisão no Piauí

A sentença foi dada pelo juiz Almir Abib Tajra Filho, da 8ª Vara Criminal da Comarca de Teresina, no dia 20 de novembro.

O juiz Almir Abib Tajra Filho, da 8ª Vara Criminal da Comarca de Teresina, condenou Francisco Matheus Oliveira Murada a 20 anos de prisão pelo crime de latrocínio – roubo seguido de morte – contra José Ferreira dos Santos, pai de um perito da Polícia Civil do Piauí, que foi assassinado durante um assalto no dia 10 de maio de 2019, no bairro Verde Cap. A decisão foi dada no último dia 20 de novembro.

Nos autos, o magistrado destacou que referente a culpabilidade do réu foi constatado um vasto histórico criminal, respondendo inclusive, por crimes em Timon. Ainda foi pontuado que o crime foi cometido com violência e grave ameaça, bem como se trata de crime hediondo, sendo inviável a aplicação do benefício da suspensão condicional da pena.

  • Foto: Divulgação/PC-MAFrancisco foi preso no MaranhãoFrancisco foi preso no Maranhão

"O acusado de forma pensada, colaborativa e consciente, praticou o delito de roubo qualificado pelo resultado morte, na companhia de outro comparsa, não existindo, no caso concreto, qualquer causa excludente de ilicitude ou da culpabilidade do acusado", afirmou o magistrado na sentença.

O juiz então fixou a pena 20 anos de reclusão, em regime fechado, que deverá ser cumprida em estabelecimento prisional na cidade de Caxias, no Maranhão. Foi ainda negado a Francisco o direito de recorrer da sentença em liberdade, tendo sido mantida a prisão preventiva.

Entenda o caso

Um comerciante identificado como José Ferreira dos Santos, 62 anos, foi morto durante um assalto no dia 10 de maio de 2019. O crime aconteceu na calçada da casa da vítima. Ele era pai do perito criminal Janiel.

O tenente Claudenor, do 8º Batalhão da Polícia Militar do Piauí, explicou na época ao GP1 que José foi abordado por cerca de dois criminosos. Durante a ação, o comerciante foi alvejado por um disparo de arma de fogo nas costas.

Em seguida, a dupla empreendeu fuga no veículo da vítima, um Ford Ka, mas o abandonou em uma rua próximo ao bairro Renascença, ainda na zona sudeste da Capital. Já José Ferreira dos Santos chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), porém, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Prisões

Depois da morte de José Ferreira, Francisco Matheus já foi preso duas vezes. A primeira prisão foi no dia 30 de junho, na cidade de São João do Sóter, no Maranhão, em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pela Central de Inquéritos de Teresina, bem como, foi autuado em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, posse de armas de fogo e receptação.

No dia 28 de agosto, Francisco Matheus foi novamente preso juntamente com Antônia Letícia Almeida Alves, 20 anos, acusados de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo no Residencial Firmino Filho, na zona norte de Teresina.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Acusado de matar pai de perito em Teresina vira réu na Justiça

Acusado de matar pai de perito em Teresina é preso pela DEPRE

Acusado de matar pai de perito em Teresina é preso no Maranhão

Pai de perito morre após ser baleado durante assalto em Teresina

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.