GP1

Piauí

OAB-PI pede retorno das atividades presenciais do Poder Judiciário

A seccional Piauí sugeriu ainda a data de 10 de maio para o retorno das atividades.

A Ordem dos Advogados do Brasil, secção Piauí, encaminhou um ofício ao Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI) solicitando o retorno das atividades presenciais no âmbito do Poder Judiciário.

De acordo com o presidente da OAB-PI, Celso Barros, o pedido leva em consideração a essencialidade das atividades presenciais para garantir o amplo acesso à Justiça.

Confira o documento clicando aqui.

“Mesmo diante da pandemia, a vacinação em nosso estado teve avanços consideráveis, ao atender parte do grupo de risco. Aliado a isso, tivemos uma queda nos números de óbitos e internações hospitalares. Portanto, entende-se a viabilidade do retorno das atividades presenciais no âmbito do Poder Judiciário, mediante agendamento. É de extrema urgência tal retorno em razão do déficit gerado na prestação jurisdicional decorrente da suspensão do atendimento presencial aos advogados”, frisou.

O documento enviado pela OAB requer que sejam oportunizadas, imediatamente, audiências presenciais de caráter urgente, tais como as de réus presos, da área da família, da infância e da juventude, matérias cautelares e tribunal do júri. A OAB Piauí sugere ainda a data provável de 10 de maio para o retorno a atividades.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.