GP1

Piauí

Wellington Dias decreta luto de 3 dias pelas 500 mil vítimas da covid-19

O decreto foi assinado e publicado no Diário Oficial do Estado neste domingo (20).

O Governo do Estado do Piauí, através do governador Wellington Dias (PT), decretou luto oficial de três dias no estado após o Brasil ter registrado a marca de 500 mil mortes causadas pela covid-19. O decreto foi assinado e publicado no Diário Oficial do Estado deste domingo (20).

“Fica declarado luto oficial, por 3 dias, em memória das 500 mil vítimas da covid-19 em solo brasileiro, das quais 6.400 foram vítimas em solo piauiense", diz o decreto.

Foto: Lucas Dias/GP1Wellington Dias
Wellington Dias

No sábado (19), o governador divulgou um vídeo em suas redes sociais lamentando a triste marca registrada no país. Ela ressaltou na mensagem que essa marca não se trata apenas de números, mas sim de vidas que se foram em meio a essa pandemia que assola o Brasil.

“Meio milhão de vidas perdidas em razão da covid-19. Não se trata somente de um número e sim de seres humanos, estamos falando de pessoas com histórias, artistas, profissionais, homens, mulheres. Falamos também daqueles que ficaram aqui, dos familiares abalados com a perda de seus entes queridos, esposos, esposas, filhos e filhas, netos, amigos e fãs”, lamentou o governador.

Situação da covid-19 no Piauí

A Secretaria de Saúde do Piauí (Sesapi) divulgou boletim epidemiológico, na noite deste sábado (19), informando que estado atingiu a marca de 6.372 mortes por covid-19 (coronavírus). Foram registrados 9 óbitos nas últimas 24 horas e mais 13 ocorridos em dias anteriores, e que estavam sob investigação epidemiológica.

De acordo com o boletim, foram confirmados mais 503 casos da doença, e agora o número de piauienses que já contraíram o novo coronavírus desde o início da pandemia é de 289.929.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.