GP1

Polícia

Jovem é assassinada com tiro na cabeça no Mocambinho em Teresina

O crime aconteceu na manhã desta segunda-feira (12), na zona norte de Teresina.

Lucas Dias/GP1 1 / 9 Capitão Oziel Capitão Oziel
Lucas Dias/GP1 2 / 9 Perícia no local do crime Perícia no local do crime
Lucas Dias/GP1 3 / 9 Peritos criminais Peritos criminais
Lucas Dias/GP1 4 / 9 Polícia indo ao local onde o corpo foi encontrado Polícia indo ao local onde o corpo foi encontrado
Lucas Dias/GP1 5 / 9 Corpo foi encontrado à margens do rio Corpo foi encontrado à margens do rio
Lucas Dias/GP1 6 / 9 Delegado Luís Guilherme Delegado Luís Guilherme
Lucas Dias/GP1 7 / 9 População no local onde o corpo foi encontrado População no local onde o corpo foi encontrado
Lucas Dias/GP1 8 / 9 Cova onde o corpo seria enterrado Cova onde o corpo seria enterrado
Lucas Dias/GP1 9 / 9 Corpo seria enterrado na cova Corpo seria enterrado na cova

Uma jovem, identificada como Valdirene Melo de Jesus, foi executada com um tiro na cabeça por volta das 8h da manhã desta segunda-feira (12), no bairro Mocambinho, zona norte de Teresina, às margens do Rio Poti.

Conforme informações do capitão Oziel, do 9° Batalhão da Polícia Militar do Piauí, a equipe recebeu denúncia de que havia uma pessoa sendo mantida em cárcere privado. Ao chegar no local, os policiais se depararam com três homens que estavam cavando uma cova, onde possivelmente a vítima seria enterrada. Nesse momento houve troca de tiros.

“Tomamos conhecimento de que havia uma pessoa em cárcere privado aqui às margens do Rio Poti. Chegamos ao local e nos deparamos com três elementos que estavam cavando uma cova e fomos recebidos a tiros, eles conseguiram se evadir do local. Realizamos diligências e conseguimos localizar o corpo da jovem, mas os envolvidos ainda não. Isso foi por volta das 8h”, informou o capitão.

Segundo o delegado Luís Guilherme, Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a polícia suspeita que a vítima é uma mulher que está desaparecida deste a noite deste domingo (11). "Já foram feitas as perícias, nós tomamos conhecimento de que essa pessoa que a gente ainda vai checar está sumida desde ontem à noite. La onde ela foi executada, segundo os informes, não era o local propício para ela ser executada, mas sim aqui", afirmou.

As investigações ficarão sob responsabilidade do DHPP.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.